José Aldo bate peso de nova categoria e Amanda Nunes confirma defesa de cinturão

Protagonistas do UFC 245 cumprem compromissos com a balança

Relacionadas

O suspense chegou ao fim. José Aldo surpreendeu os críticos e bateu o limite da divisão dos galos (até 61,2kg.). O atleta, que desce da divisão de penas (até 65.7 kg.), vinha sendo alvo de desconfianças sobre a possibilidade de bater o peso, mas se apresentou sorridente na pesagem ocorrida na tarde desta sexta-feira (13), cravou 61,6kg., e garantiu a estreia na nova categoria. Assim como o manauara, Amanda Nunes confirmou sua luta no UFC 245. Apenas Jessica Eye falhou no corte de peso.

Aldo foi um dos primeiros atletas a baterem o peso nesta sexta-feira. Embora nunca tenha falhado em um corte de peso pelo Ultimate, o atleta já passou por dificuldades em chegar ao limite dos penas no passado. Durante a semana, o manauara e sua equipe tentaram tranquilizar os fãs, mas a dúvida ainda existia. O brasileiro, porém, chegou ao local com uma boa expressão e não precisou nem tirar o short para confirmar os 61,6kg.

Responsável por dar as "boas-vindas" ao "Campeão do Povo" na categoria dos galos, Marlon Moraes 61,4kg., cerca de 200g abaixo do compatriota. O duelo entre os combatentes pode confirmar o próximo desafiante ao reinado de Henry Cejudo.

Entre as atrações principais, não houve surpresas. Para a primeira disputa de cinturão da noite, Amanda Nunes, que realiza sua quinta defesa de título entre as galos, confirmou 60,9kg., cerca de 200g abaixo do exigido. Desafiante ao posto de número um, a holandesa Germaine de Randamie teve o mesmo peso da brasileira.

 

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]José AldoAmanda Nunes
Comentários