Aldo quebra silêncio e diz que vai entrar na fila de nova disputa pelo cinturão

Ex-campeão dos penas do UFC, que perdeu título para Max Holloway, projeta retorno ainda para este ano

Relacionadas

José Aldo, ex-campeão dos pesos-penas (66 kg) do UFC, quebrou o silêncio após a derrota para Max Holloway no UFC 212, em junho, no Rio. O brasileiro, que deteve o cinturão da categoria por anos antes de perdê-lo para o norte-americano, vem treinando em sua academia e prometeu que logo deve voltar ao octógono. 

Segundo reportagem da Ag.Fight, Aldo não se mostra preocupado com possíveis pressões para uma revanche contra Holloway. Ele promete "entrar na fila" novamente, até poder chegar a uma nova oportunidade na disputa pelo cinturão.

Para isso, ele já projeta a volta ao octógono para ainda este ano, enquanto vai ficar de olho na luta, que deve ocorrer em novembro, entre Holloway e Frankie Edgar, próximo desafiante do atual campeão pelo cinturão. "Não estou pensando em ser o campeão, zerou o jogo de novo. Tenho que começar de novo, com a cabeça voltada para o próximo atleta, e assim até poder disputar o cinturão de novo", afirmou à Ag.Fight.

Ele próprio não descarta retornar também em novembro, no próprio evento do Ultimate, em novembro. "Estou esperando o tempo para voltar a lutar, mas não posso falar nada até estar fechado. Vou lutar nos penas, não tem porque subir para os leves. É uma categoria parada, ninguém sabe o que vai acontecer lá", afirmou.

Dando sequência aos treinos, Aldo deve disputar o Campeonato de jiu-jitsu Internacional de Masters da IBJJF, evento que acontece nos dias 28, 29 e 30 de julho, no Rio. A informação foi divulgada pela conta oficial da CBJJ (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu) no Instagram.

MAIS SOBRE:

lutasUFC
Comentários