Amanda Nunes entra em lista de esportistas jovens mais influentes do mundo

Campeã peso-galo do UFC foi única brasileira entre personalidades listadas pela Revista 'Forbes'

 A. Nunes está em alta (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Relacionadas

Não é só no octógono que a brasileira Amanda Nunes tem feito sucesso nos Estados Unidos. Após aniquilar Ronda Rousey e vencer a revanche com a rival Valentina Shevchenko, a campeã peso galo do UFC entrou para a lista de 30 maiores personalidades ligadas ao esporte com menos de 30 anos. A Revista Forbes organiza anualmente uma eleição com os 30 maiores nomes jovens em diversos campos, como esportes, entretenimento, empreendedorismo, entre outras, em um total de 20 categorias.

+Anderson Silva quebra o silêncio após doping: ‘Não irei desistir’

+Conor McGregor invade cage do Bellator e causa confusão com árbitro

+ Siga o Fera no Twitter

 

Amanda Nunes, de 29 anos, se juntou à lista, que tem nomes do quilate do jogador de futebol americano Julio Jones (28), do Atlanta Falcons, e finalista do Super Bowl, além de Kawhi Leonard (26), jogador de basquete do San Antonio Spurs, e Anthony Rizzo (28), campeão do World Series, com o Chicago Cubs, no beisebol. Além de atletas, a lista também destaca jovens que estão envolvidos com esportes em outros níveis, como Alexander Rosen (28), conselheiro da MLB, a liga americana de beisebol, e Preetam Sen (29), diretor de parcerias comerciais do City Football Group, que cuida, dentre outros, do Manchester City.

Além dos feitos de Amanda no octógono, a revista destaca a abertura da brasileira com relação à sua opção sexual - a Leoa é abertamente gay e namora com a também lutadora do UFC, Nina Ansaroff. Ao se tornar campeã, no UFC 200, em julho do ano passado, a brasileira fez historia ao se tornar a primeira dona de um cinturão do Ultimate homossexual e recebeu prêmios da comunidade LGBT por seu ativismo. Por fim, a Forbes destaca um recente patrocínio recebido por Amanda, que agora tem uma parceria com a marca de água TEN.

 

MAIS SOBRE:

lutasAmanda NunesRonda RouseyUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários