Amanda Ribas enfrenta ‘queridinha’ do Ultimate no UFC Brasília, diz site

Em alta pela companhia, a mineira encara norte-americana Paige VanZant, em março, e busca terceira vitória consecutiva

 A. Ribas (dir.) enfrenta P. VanZant no UFC Brasília, em março. Foto: Montagem SL/MMA Press  

Relacionadas

O Ultimate decidiu dar a Amanda Ribas um verdadeiro presente. Com duas lutas pela companhia, a mineira terá a chance de atuar frente ao seu público em uma das lutas do UFC Brasília, que acontece em 14 de março. A rival para a mineira foi a ‘queridinha’ dos norte-americanos, Paige VanZant, que não atua desde janeiro deste ano. A informação foi divulgada pelo ‘MMA Fighting’.

A mineira de Varginha vive um momento mágico dentro do Ultimate. Sem derrotas desde que estreou pela organização, Ribas vem, aos poucos, se colocando na condição de promessa para a divisão das palhas (até 52,1kg.) e busca, a cada apresentação, ameaçar o reinado de Weili Zhang, atual campeã da categoria.

Caso confirmado o confronto, Amanda terá pela frente uma atleta muito conhecida do público do norte-americano. VanZant, que passou por uma cirurgia no braço em 2019, está pronta para seu retorno às lutas e, após um momento de desconforto junto à empresa, quando reclamou de falta de oportunidades, terá a chance de encarar uma atleta em evidência.

Atualmente, Paige ocupa a 15ª posição no ranking das moscas, que, hoje, é dominada por Valentina Shevchenko. No entanto, o confronto contra a brasileira deve acontecer na divisão de baixo.

A norte-americana atualmente passa um momento de inconstância no que diz respeito às frequências de apresentações. Entre 2016 e 2019, VanZant realizou apenas quatro lutas, vencendo duas e perdendo o restante.

Há alguns meses, a atleta chegou a entrar em conflito junto ao presidente da companhia, Dana White, alegando que ganha mais dinheiro com publicações em seu Instagram do que lutando, propriamente dito. Sabendo da declaração, White, em entrevista, afirmou que a combatente poderia se sentir à vontade para romper seu contrato e seguir com suas ações extra luta. A relação entre Paige e UFC, no entanto, parece ter melhorado após a confusão.

Aos 25 anos, VanZant chega para enfrentar a mineira com um cartel que soma 12 combates, com oito vitórias e quatro derrotas. Ribas, por sua vez, tem nove apresentações como profissional e apenas uma derrota, ocorrida há quase quatro anos. A lutadora vem de três vitórias consecutivas na carreira.

MAIS SOBRE:

UFC [Ultimate Fighting Championship]MMA [artes marciais mistas]Amanda RibasPaige VanZant
Comentários