Após agredir McGregor, Zubaira dispara: 'eu o estapeei como prometido'

Lutador checheno foi um dos homens que atacou Conor dentro do octógono

 Z. Tukhugov se vangloriou de ter batido no irlandês. Foto: Reprodução/Instagram @zubairatukhugovZubaira Tukhugov foi um dos protagonistas da pancadaria coletiva após a luta principal do UFC 229 no sábado (06) em Las Vegas. O peso pena foi um dos alvos das provocações de Conor McGregor que antecederam o confronto. O irlandês o chamou Kabib Nurmagomedov de ‘traidor’ de sua etnia por se juntar ao lutador checheno. Com isso, o atleta prometeu atacar o irlandês fora do cage. No domingo, ‘Warrior’ foi às redes sociais para se vangloriar de ter cumprido o juramento.

Relacionadas

Tukhugov publicou um vídeo no twitter que havia saído ileso após confronto com McGregor. "Eu o estapeei como prometido. Eu prometi fazê-lo responder por suas palavras e o fiz", disse o lutador, segundo a tradução do site norte-americano Bloody Elbow.

Devido ao ataque, três integrantes da equipe de Nurmagomedov foram presos, mas liberados pouco depois. Segundo o presidente da organização, Dana White, McGregor não prestou queixa pelo ataque. O vídeo postado pelo lutador parece ter sido filmado no vestiário da T-Mobile Arena, assim ele não deve ter sido um dos homens levados pela polícia.

Durante a semana que antecedeu o duelo, Tukhugov afirmou que após luta contra Artem Lobov, dia 27 de outubro no UFC Monctoc pretendia encarar McGregor fora do cage. No entanto, o combate com o companheiro de equipe do irlandês está sob risco. O comandante da franquia afirmou durante a coletiva de imprensa que os atleta da companhia envolvido na invasão e agressão seriam cortados pela organização.

 

MAIS SOBRE:

LutasLas Vegas [Estados Unidos]Conor McgregorDana WhiteKhabib NurmagomedovMMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários