Após derrotas, Serginho Moraes é dispensado pelo UFC, diz site

Brasileiro não suporta má fase e deixa o quadro da maior organização MMA

 S. Moraes é dispensado pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @serginhoalliance

Relacionadas

Uma má notícia para o público brasileiro. Um dos atletas mais queridos pela torcida, Serginho Moraes, não faz mais parte do grupo de atletas do UFC. O lutador não conseguiu recuperar a boa forma e, após três derrotas consecutivas, foi dispensado pela organização. A informação foi divulgada pelo MMA Fighting.

Serginho ganhou fama nacional após sua participação no "The Ultimate Fighter-Brasil", em 2012, que tinha como treinadores Wanderlei Silva e Vítor Belfort.

O paulista acabou entrando no time do "Fenônemo" e conseguiu chegar até as semifinais, quando acabou derrotado por Daniel Sarafian por nocaute. Seguindo a chave, Sarafian deveria enfrentar Cezar Mutante na grande final, que seria uma das atrações do UFC 147, em Belo Horizonte

Daniel, no entanto, sofreu uma lesão e acabou substituído por Serginho de última hora. No confronto contra Mutante, que era favorito nas bolsas de apostas, Serginho acabou promovendo, junto ao compatriota, um verdadeiro espetáculo de raça e força de vontade.

Após três rounds muito disputados, o paulista acabou perdendo na decisão unânime dos juízes, mas, mesmo derrotado, caiu nas graças do público brasileiro.

Pelo Ultimate, Serginho viria a se apresentar por mais 12 vezes, até que chegasse seu último compromisso, no UFC São Paulo, ocorrido em 16 de novembro. O brasileiro subiu ao octógono com a obrigação de encarar e derrotar James Krause, mas acabou sucumbindo à força do adversário e sofrendo um duro nocaute restando pouco menos de um minuto para o fim do embate.

Serginho, em sua trajetória no UFC, conquistou oito vitórias, sofreu cinco derrotas e teve um empate. Seu melhor momento pela empresa foi quando somou quatro vitórias consecutivas entre 2012 e 2015.

Aos 37 anos, Serginho ainda não se manifestou sobre a situação atual. Em breve, o atleta definirá quais os rumos para o futuro da carreira.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Serginho Moraes
Comentários