Após vencer Askren, Demian Maia sobe para sexto no ranking do UFC

Além de conquistar o 22º triunfo atuando pela organização, brasileiro sobe quatro posições na divisão meio-médio

 D. Maia em vitória pelo UFC Singapura. Foto: Reprodução/Instagram @demianmaia

Relacionadas

O brasileiro Demian Maia, de fato, tem motivos de sobra para comemorar. Depois de uma grande atuação sobre Ben Askren, na luta principal do UFC Cingapura, no último sábado (26), o atleta foi recompensado ao ocupar a sexta colocação no ranking dos meio-médios (até 77kg.). A atualização das posições foi divulgada no site oficial da organização.

Aos 41 anos, o brasileiro, além de mostrar que consegue atuar em alto nível, conseguiu impor sua maior arma contra um adversário conhecido mundialmente por suas qualidades no Wrestling.

Duas vezes desafiante a um cinturão do UFC, uma pelos médios (até 83,9kg.) e outra em sua atual categoria, o atleta saltou quatro posições e empurrou seu rival para a 13ª colocação.

O duelo contra Maia, para Askren, deveria servir como um novo recomeço em sua carreira dentro do Ultimate. O norte-americano, contratado como candidato a ocupar o posto de campeão no futuro, tinha como objetivo apagar a derrota sofrida para Jorge Masvidal no UFC 239, quando foi nocauteado em apenas cinco segundos de batalha.

O nome de Demian parecia perfeito, já que o brasileiro não figurava no topo da categoria, mas, mesmo assim, segue sendo um nome de respeito dentro da organização. O desfecho do confronto, no entanto, fugiu dos planos de Ben. O atleta acabou sucumbindo ao jiu-jitsu de excelência do brasileiro e foi finalizado no terceiro round de combate.

Para seu próximo desafio, Demian preferiu escolher um nome que está fora do raking, mas que representa um desejo pessoal do atleta. Maia convidou o veterano Diego Sanchez para trocarem forças e foi prontamente respondido positivamente pelo rival.

Com 22 vitórias no esporte, o paulista é o segundo atleta com mais vitórias pela companhia, atrás apenas de Donald Cerrone, com 23. O lutador tem apenas mais duas lutas em seu contrato e já admitiu o desejo de se aposentar após o cumprimento do compromisso.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Demian Maia
Comentários