Após vitória apertada na estreia, Mackenzie Dern pede por luta no UFC Rio

Faixa-preta de de jiu-jitsu pede nova luta apenas dois meses após sua primeira luta no octógono, realizado no último sábado (03) no UFC 222

Relacionadas

Mackenzie Dern estreou no Ultimate com uma vitória apertada contra Ashley Yorder UFC 222, realizado no último sábado (03). Apontada antes do debute no octógono como ‘Nova Ronda Rousey’, a faixa-preta de jiu-jitsu reconhece que ainda tem muito o que evoluir para chegar ao topo da divisão de até palhas (até 52,1 kg.).

+ Edson Barboza afirma que sonho de se tornar campeão continua vivo

+ Cyborg frustra organização e recusa enfrentar Amanda Nunes no UFC Rio

+ Rival de Cyborg reclama de machismo: 'Eles acham que temos que ficar em casa'

“Quero continuar a melhorar em todas as áreas. Mostrei que estou trabalhando arduamente para ser uma artista marcial mista bem completa. Mal posso esperar para voltar lá e lutar novamente”, afirmou Mackenzie, que pediu para estar no card do Rio de Janeiro, dia 12 de maio. “Estou esperando lutar no Rio no UFC 224. O Brasil é uma das minhas casas e seria uma honra lutar pelo UFC no Rio de Janeiro”, completou.

Mackenzie, que é filha do lutador Wellington Megaton, nasceu nos EUA, mas morou no Rio de Janeiro por vários anos e atualmente tem residência no Arizona. Com dupla nacionalidade, ela revelou, que não sabia escolher qual país representar no octógono. O fato gerou um momento inusitado na entrevista após sua vitória. Dern, que fala português e inglês de forma fluente, chamou o tradutor Jorge Gurgel para a coletiva. Mas depois do apresentador Joe Rogan ter sua pergunta traduzida para o português, Mackenzie respondeu em inglês.

“Achei que eles queriam que eu falasse em português também. Na verdade, ia falar em português quando ele respondeu, daí eu que fiquei na dúvida se era para falar primeiro inglês ou português. Tenho muitos fãs brasileiros e também queria responder em português, falar alguma coisa em português. Ficaram mais em dúvida se eu ia falar primeiro em português ou inglês, daí quando viram que entendi tudo em inglês, deixaram”, revelou.

MAIS SOBRE:

lutas UFC [Ultimate Fighting Championship] MMA [artes marciais mistas]
Comentários