Atleta que não bateu o peso perde bônus no UFC Austrália

Frank Camacho fez a luta da noite contra Damien Brown, mas não levará US$ 50 mil como punição

O atleta de Guam (Estados Unidos)  Frank Camacho fazia sua estreia no peso leve no UFC Austrália. Porém, ele teve problemas para bater o peso (categoria dos meio-médios) e acabou sendo multado em 20% de sua bolsa para o duelo contra Damien Brown. Porém, o erro na balança custou muito mais caro ao lutador: ele fez a luta da noite contra o australiano, mas não poderá receber o bônus de US$ 50 mil por não ter batido o limite de sua nova categoria. 

Werdum domina Tybura, vence na decisão e pede chance pelo título

O Ultimate recentemente deixou ainda mais severas as punições para quem não consegue bater o peso - e agora elas incluem a inelegibilidade para receber bônus. Mesmo com a vitória, Camacho não poderá receber o cheque extra após sua grande luta contra Brown, que agora terá um motivo para se consolar. O Ultimate não divulgou imediatamente se o bônus de Camacho vai para Brown ou se não será dado.

Após três jogos, ex-técnico do São Paulo é demitido de seleção que vai à Copa

Twitter do Paraná Clube fica 'louco' com acesso do time à Série A; veja

Além da Luta da Noite, outros dois lutadores da porção preliminar do UFC Austrália receberam prêmios, mas de Performance: Nik Lentz surpreendeu ao finalizar o ex-companheiro de equipe Will Brooks com uma guilhotina, e Tai Tuivasa estreou no Ultimate com uma espetacular joelhada voadora sobre Rashad Coulter. Ambos receberão um cheque extra de US$ 50 mil por suas interrupções.

MAIS SOBRE:

lutasUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários