Boxeador usa calção com 'muro' de Trump e é derrotado por mexicano

Córner de Rod Salka foi obrigado a jogar a toalha no round da luta com o Francisco Vargas

Relacionadas

A ironia, às vezes, é implacável. O boxeador Rod Salka tentou provocar seu rival mexicano Francisco Vargas na luta realizada na Califórnia, na última quinta-feira (12), mas não funcionou.

Salka utilizou um calção simulando um muro e a inscrição 'America First', que significa 'América em primeiro lugar' e era lema da campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos em 2016. A principal promessa de Trump na campanha foi construir um muro na fronteira entre os EUA e o México para impedir a imigração mexicana para o país ao norte.

Com isso, Salka tentou provocar o adversário mexicano, sem sucesso. Vargas manteve a cabeça no lugar e, no sexto round, encurralou Salka nas cordas, acertando muitos golpes em sequência. Dessa forma, o córner do americano foi obrigado a jogar a toalha e desistir da luta.

Foi a quinta derrota de Salka na carreira - ele tem 29 lutas e 24 vitórias no cartel, sendo quatro por nocaute. Já Vargas fez 27 lutas profissionais, tendo perdido uma, empatado duas e vencido 24 vezes -em 17, por nocaute.

MAIS SOBRE:

boxeRod SalkaFrancisco Vargas
Comentários