Cat Zingano entra com recurso para anular resultado de luta no UFC 232

Advogado argumenta que a lutadora machucou o olho com um golpe ilegal

 C. Zingano em cinco lutas tem uma vitória no UFC. Foto: Reprodução/Instagram @alphacatzinganoCat Zingano foi derrotada por Megan Anderson no card preliminar do UFC 232, no dia 29 de dezembro, em Los Angeles, nos Estados Unidos. O combate terminou com um nocaute técnico após a australiana acertar um chute no rosto da norte-americana que passou de raspão em seu olho direito. O golpe fez com que 'Alpha' não pudesse enxergar e por isso permaneceu de olhos fechados até ser decretado o fim da luta.

Relacionadas

Devido ao desfecho inusitado do combate, Zingano entrou com um recurso junto a Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC) para tentar anular o resultado de nocaute técnico para 'No Contest' (luta sem resultado). Advogado de Cat, Nathan Gable alega que o golpe de Anderson pode ser considerado como ilegal nas Regras Unificadas do MMA, pois acertou o dedo do pé no olho da rival.

"A linguagem das Regras Unificadas no que diz respeito à lesão no olho não é completa e os exemplos listados, 'atingir os olhos por meio de dedos, queixo ou cotovelo', não significam que são os únicos métodos pelos quais uma falta pode ocorrer. Primeiro, a linguagem é claramente aberta, começando com 'olho arranhado de qualquer forma...', explicou Gable ao site norte-americano MMA Junkie

"Se as Regras Unificadas pretendessem limitar essa falta apenas aos exemplos que se seguiram e excluir os dedos dos pés dessa falta, esta regra teria sido escrita com linguagem limitadora, como 'somente a perfuração dos olhos por meio de dedos das mãos, queixo ou cotovelo é ilegal', e omitiria as palavras ‘de qualquer forma'", completou Gable.

O recurso foi protocolado junto a CSAC no dia 07 de janeiro. Se Zingano conseguir a anulação do resultado da luta, o Ultimate deve marcar a revanche entre as pesos penas em breve.

 

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Cat Zingano
Comentários