Cejudo atropela Dillashaw, defende cinturão e mantém viva divisão dos moscas

Em uma atuação quase perfeita, lutador defende seu título pela primeira vez

 H. Cejudo defende cinturão contra TJ. (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Relacionadas

A divisão de moscas (até 56,7 kg.) vive no UFC. Em meios a rumores sobre fim da categoria, o campeão Henry Cejudo foi a primeira grande zebra do ano de 2019. Ele defendeu seu reinado pela primeira vez diante de TJ Dillashaw, campeão do peso galo (até 61,2 kg.), que desceu de categoria para tentar conquistar seu segundo cinturão e, por consequência fechar o peso de baixo. Mas com um nocaute avassalador em apenas 32 segundos, Cejudo garante, pelo menos de forma provisória, a continuidade de sua divisão. A luta foi a atração principal do UFC Brooklyn, evento realizado neste sábado (19), em Nova York (EUA).

A vitória valeu para Cejudo outra marca importante: foi o triunfo mais rápido de toda história da categoria. Ainda no cage, o campeão pediu para Dana White, presidente do UFC, que a divisão de moscas não seja extinta.

"Obrigado aos fãs, eu venci um dos melhores de todos os tempos. É surreal. Eu sabia que ele estava machucado, eu consegui encaixar bem o chute que abriu caminho para o fim da luta. Dana White, cadê você? Não se esconda. Eu vim aqui, essa vitória é muito maior do que eu, é para manter a categoria dos moscas. Vamos fazer essa luta na categoria de cima. Eu sei que o corte de peso foi muito grande para você (Dillashaw). Dana, vamos manter essa categoria. Cejudo precisa ser pago", afirmou um eufórico campeão.

A luta

Cotado como zebra nas casas de apostas, Cejudo começou a luta com tudo. Logo nos primeiros segundos ele disparou um chute alto que passou perto da cabeça do rival. TJ tentou responder, mas foi desequilibrado com um chute na base. O campeão dos moscas aproveitou o momento e foi pra cima. Ele disparou vários socos que fizeram Dillashaw cair. Atordoado, o desfiante ainda conseguiu ficar em pé, mas com outra combinação foi novamente ao solo e o árbitro encerrou a disputa em apenas 32 segundos.

Resultados do UFC Brooklyn

Card Principal

Peso mosca: Henry Cejudo derrotou TJ Dillashaw por nocaute a 30s do R1 - luta pelo cinturão

Peso pesado: Allen Crowder derrotou Greg Hardy por desclassificação (joelhada ilegal) a 2m38s do R2

Peso leve: Gregor Gillespie derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico a 4m59s do R2

Peso mosca: Joseph Benavidez derrotou Dustin Ortiz na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Paige VanZant finalizou Rachael Ostovich com uma chave de braço a 1m50s do R2

Peso meio-pesado: Glover Teixeira finalizou Karl Roberson com um katagatame a 3m21s do R1

Card Preliminar

Peso leve: Donald Cerrone derrotou Alexander Hernandez por nocaute técnico a 3m43s do R2

Peso mosca: Joanne Calderwood derrotou Ariane Lipski na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso meio-pesado: Alonzo Menifield derrotou Vinicius Mamute por nocaute técnico a 3m56s do R1

Peso galo: Cory Sandhagen finalizou Mario Bautista com uma chave de braço a 3m31s do R1

Peso leve: Dennis Bermudez derrotou Te Edwards na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso meio-médio: Geoff Neal derrotou Belal Muhammad na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Chance Rencountre finalizou Kyle Stewart com um mata-leão a 2m25s do R1

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Henry CejudoTJ Dillashaw
Comentários