Cerrone se coloca acima de McGregor na história do MMA: 'Fiz muito mais'

Próximo de completar sua 51ª apresentação, norte-americano comenta superioridade sobre irlandês

Relacionadas

O norte-americano Donald Cerrone está próximo de protagonizar um dos maiores eventos de sua carreira. No dia 18 de janeiro, quando enfrenta Conor McGregror pelo UFC 246, o atleta será o responsável por tentar estragar o retorno do irlandês ao octógono após mais de um ano afastado. Ciente do duro compromisso de derrotar o rival, o lutador vê em sua história no esporte o ponto forte para o resultado positivo. Em entrevista ao MMA Fighting, ele comentou sobre o confronto.

"Eu me sinto como um atleta de MMA melhor (do que Conor McGregor)? Com certeza. Eu sinto que estive nas trincheiras. Eu fiz as maiores lutas. Já fiz isso muitas vezes", disse o norte-americano.

Além de realizar mais uma luta principal na carreira dentro do UFC, Donald completará uma impressionante marca em janeiro. Contra McGregor, Cerrone ultrapassará a marca de 50 apresentações nas artes marciais mistas e pretende mostrar que ainda tem condições de atuar em alto nível, mesmo vindo de duas derrotas consecutivas.

"Esta é a minha 51ª primeira luta no MMA. Literalmente, eu fiz mais do que qualquer outro", finalizou o atleta. Para enfrentar McGregor, Cerrone, que vinha atuando entre os leves (até 70,3kg.), topou o desafio de atuar na divisão de cima. Donald e McGregor trocarão forças na divisão dos meio-médios (até 77kg.).

Segundo o presidente do UFC, Dana White, a decisão em realizar o confronto na categoria mais pesada se deu pelo fato do irlandês querer realizar mais de um confronto em 2020. Por esse motivo, o atleta quis se poupar de um corte de peso mais severo para que possa de desgastar menos para os compromissos seguintes.

Contra Cerrone, McGregor buscará retomar o caminho das vitórias dentro do esporte. O lutador não vence um confronto desde que bateu Eddie Alvarez, em 2016, em combate válido pelo título dos leves. Desde então, McGregor realizou uma luta, em outubro de 2018, quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov.

 

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Donald CerroneConor Mcgregor
Comentários