Charles do Bronx finaliza Jim Miller com mata-leão e desafia Max Holloway

Charles amplia seu recorde como maior finalizador da história do UFC

 Do Bronx finalizou Miller. (Foto: Reproduçao Facebook UFC)

Relacionadas

Charles do Bronx esperou quase oito anos para a revanche contra Jim MIller. Mas assim que subiu no octógono, o brasileiro precisou de pouco mais de um minuto para finalizar o norte-americano com um belo mata-leão. O combate foi atração no card principal do UFC Milwaukee, realizado no último sábado, nos Estados Unidos.

Com o triunfo, Charles amplia seu recorde como maior finalizador da história do Ultimate. O faixa-preta paulista chegou a 12ª submissão. Atrás dele, Royce Gracie segue com 10 e Demian Maia com nove.

Após a vitória, o brasileiro mirou em ninguém menos que Max Holloway, campeão dos penas (até 65,8 kg.) que pode subir ao peso leve em breve. "Dana (White, presidente do UFC), essa é a minha divisão. Max Holloway disse que queria subir para o peso leve. Pode vir. Quando nós lutamos eu tive alguns problemas de saúde, mas agora eu estou aqui e quero dar a boas-vindas a ele", disparou.

A luta

Assim que o combate começou, Charles encurtou a distância e rapidamente conseguiu a queda. Sem perder tempo e ignorando a faixa-preta do norte-americano, o brasileiro rapidamente chegou as costas. Com habilidade, ele encaixou o mata-leão e apertou o estrangulamento. Miller ainda tentou resistir, mas acabou batendo para não desmaiar.

 

MAIS SOBRE:

LutasUFC [Ultimate Fighting Championship]MMA [artes marciais mistas]Charles do BronxJim Miller
Comentários