Cigano retorna ao octógono contra Alexander Volkov em novembro, diz site

Peso pesado tenta se recuperar na organização e luta no UFC Moscow

 J. Cigano (esq.) enfrenta A. Volkov em novembro. Foto: Montagem SL/MMA Press

Relacionadas

O brasileiro Júnior Cigano terá mais uma chance de retomar sua carreira em  busca do sonho de recuperar seu cinturão dos pesados (até 120,2kg.). Após sofrer uma derrota rápida para o temido Francis Ngannou, no final de junho, o catarinense terá um novo desafio pela frente.

Cigano enfrentará o russo Alexander Volkov na luta principal do UFC Moscow, em 9 de novembro. A informação foi divulgada pelo site TASS. Os dois atletas vêm de derrota em suas últimas apresentações.

Tanto o russo quanto o brasileiro precisam vencer para retornar a elite da divisão. Embora ainda permaneçam entre os cinco primeiros na categoria, uma nova derrota poderia fazer com que um dos atletas despencasse e tornasse difícil a briga por uma nova chance de lutar pelo cinturão.

Cigano tem vivido altos e baixos na carreira desde que perdeu seu título do Ultimate, em 2012. Entre 2012 e 2017, apesar de ter atuado em três situações na disputa pelo cinturão, o lutador, em sete apresentações, venceu apenas três. A partir de 2018, no entanto, o catarinense conseguiu emendar três conquistas consecutivas e chegou a reanimar seus fãs.

Após bater Blagoy Ivanov, Tai Tuivasa e o gigante Derrick Lewis, a diretoria do UFC resolveu promover um combate entre gigantes. A companhia agendou o duelo entre Cigano e o carismático e perigoso, Francis Ngannou. Conhecido pela sua agressividade, Júnior acabou sendo surpreendido pela força descomunal de Francis e foi nocauteado logo no primeiro round.

Antes disso, na semana que precedeu o evento, o brasileiro havia afirmado seu desejo de realizar mais de três combates ao ano. Mesmo após o revés, Cigano disse que o plano permanecia, e só vencendo ele poderia retornar ao topo da categoria e voltar a ser um desafiante em potencial.

O novo oponente, Volkov, também teve uma boa sequência de vitórias interrompidas. O atleta, que assinou contrato com o UFC em 2016, vinha de quatro triunfos consecutivos dentro da organização, mas acabou sendo surpreendido por Lewis em outubro do ano passado e perdeu por nocaute, pelo UFC 229. Desde então, Alexander ainda não atuou.

Atualmente, Cigano ocupa a terceira posição no ranking da categoria, enquanto o russo figura na quinta.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]Alexander VolkovUFC [Ultimate Fighting Championship]Júnior Cigano
Comentários