Com apoio da torcida, 'Zumbi Coreano' encara Frankie Edgar no UFC Busan 

No último evento do ano, 'dono da casa' tenta derrotar ícone do MMA

Relacionadas

A Coreia do Sul foi o país escolhido para fechar os trabalhos do UFC em 2019. Com 26 atletas escalados para o espetáculo, o protagonismo acabou sendo abalado após a lesão de Brian Ortega, que enfrentaria o "dono da casa", Jung Chan Sung, o "Zumbi Coreano", na luta principal do evento. Para "salvar" o card, Frankie Edgar topou o desafio de encarar o sul-coreano e manteve Sung no combate.

A luta principal, para este sábado, significa a chance coroação de um bom ano de trabalho para o "Zumbi Coreano", que vem de grande vitória sobre o brasileiro Renato Moicano e o garantiu na sexta posição no ranking oficial dos penas.

O brasileiro também terá motivos para torcer no card da madrugada. Ao todo, três atletas tupiniquins serão responsáveis por levar a bandeira do Brasil para o outro lado do mundo. Amanda Lemos, Raoni Barcelos e Alexandre Pantoja são os representantes.

Jung Chan Sung x Edgar

O confronto entre o "Zumbie Coreano" contra o norte-americano representa muito mais para o "dono da casa" do que para o norte-americano. Edgar aceitou o desafio durante a preparação para migrar da categoria dos penas para os galos, realizando um desejo antigo de sua equipe.

A estreia de Edgar na nova categoria estava marcada para acontecer em janeiro, no entanto, para atender um pedido ao Ultimate, o ex-campeão dos leves irá cumprir a função de protagonista do espetáculo.

Enquanto Edgar tenta garantir o entretenimento, o "Zumbi" precisa da vitória para continuar a subir na divisão. No confronto inicial, contra Ortega, uma vitória poderia definir um possível desafiante ao cinturão, que mudou de dono no último final de semana.

 

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários