Com brasileiro na lista, UFC ‘passa o facão’ e demite cinco lutadores

Brasileiro Francimar Bodão foi dispensado após nove lutas no octógono, com quatro vitórias, quatro derrotas e uma luta sem resultado

 Bodão (foto) foi dispensado pelo UFC. Foto: Reprodução / YouTube ufc  

Relacionadas

O temido facão do UFC atacou mais uma vez. A organização anunciou o corte de cinco atletas de seu plantel nesta quarta-feira (07). Entre os dispensados, o único brasileiro na lista é o acreano Francimar Bodão. Além dele, Kailin Curran, Bobby Nash, Dmitry Poberezhets e Galore Bofando foram os outros demitidos pelo Ultimate.

Bodão estreou no UFC em agosto de 2013 e fez nove lutas pela franquia, com quatro vitórias, quatro derrotas e uma luta sem resultado (No Contest).  Apesar de um início promissor com três vitórias nas quatro primeiras lutas, o peso médio perdeu rendimento nas últimas apresentações e vinha de reveses consecutivas: para Aleksander Rakic, em setembro de 2017 e Gian Villante, no UFC 220, em janeiro deste ano.

Entre as demais demissões, a que mais chama a atenção é de  Dmitry Poberezhets, que sequer estreou no show. Ele teve duas lutas marcadas e foi removido de ambas por lesão.

Outra baixa importante foi de Galore Bofando. O meio-médio fez apenas duas lutas no UFC. Ele debutou no octógono, em julho de 2017, com um nocaute espetacular contra Charlie Ward. Mas perdeu para Chad Laprise, em dezembro. 

MAIS SOBRE:

lutas UFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários