Conor McGregor, astro do UFC, anuncia nova aposentadoria do MMA

Anúncio foi recebido com desconfiança por seus seguidores, uma vez que ele já havia se retirado da modalidade em 2016, mas acabou voltando a competir

Relacionadas

O lutador de artes mistas marciais (MMA) Conor McGregor anunciou sua aposentadoria do esporte na madrugada desta terça-feira, dia 26. O anúncio foi recebido com desconfiança por seus seguidores, uma vez que ele já havia anunciado sua aposentadoria em 2016, mas acabou voltando a competir.

McGregor tem 30 anos e possui um histórico de 21 vitórias e quatro derrotas. Ele permanece suspenso pela Comissão Atleticana de Nevada por participar de uma briga após sua luta contra Khabib Nurmagomedov, em outubro de 2018. "Oi, pessoal. Tenho um breve anúncio a fazer", escreveu o lutador em seu Twitter. "Decidi me aposentar do esporte formalmente conhecido como 'Artes marciais mistas' hoje", disse. "Desejo a todos os meus colegas que tenham sucesso na competição. Agora me junto aos ex-companheiros na aposentadoria", completa a publicação.

McGregor nunca esteve longe de polêmicas durante sua carreira. Em abril de 2018, ele sofreu três acusações de agressão e uma de vandalismo após atacar um ônibus que transportava lutadores do UFC em Nova York. Já no começo deste mês, ele foi preso na Flórida por quebrar o celular de um fã.

Esta é a segunda vez que McGregor anuncia a "aposentadoria" no Twitter. Um mês após perder uma luta para Nate Diaz em março de 2016, disse que havia decidido se "aposentar jovem". No entanto, voltou a lutar e derrotou o mesmo oponente no mesmo ano.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]Conor Mcgregor
Comentários