Cris Cyborg e Amanda Nunes fazem superluta de campeãs no UFC 232

Megociações foram longas, mas, enfim, o Ultimate conseguiu marcar o combate entre as brasileiras para o dia 29 de dezembro

 Cyborg (esq.) e Amanda (dir.) duelam no UFC 232. Foto: Reprodução / Instagram CrisCyborg

Relacionadas

Brasil x Brasil, campeã x campeã! As negociações foram longas, mas, enfim, o Ultimate conseguiu marcar a superluta entre as brasileiras Cris Cyborg, dona do cinturão peso pena (até 65,7 kg.) e Amanda Nunes, rainha na divisão de galos (até 62,1 kg.) O embate será atração do UFC 232, evento que acontece dia 29 de dezembro, em Las Vegas (EUA.) A notícia foi divulgada pela ESPN norte-americana. A emissora revelou que a informação foi revelada pelo próprio Dana White, presidente da franquia.

O duelo de campeãs será válido pelo cinturão dos penas, em posse de Cyborg. A baiana tentará repetir o feito de Conor McGregor e Daniel Cormier para conquistar dois títulos do Ultimate de forma simultânea. Por outro lado, a paranaense tenta emplacar sua terceira defesa de reinado no octógono.

Amanda Nunes, de 30 anos, tem um histórico profissional de 16 vitórias e quatro derrotas. A baiana, que vem de sete triunfos em série, conquistou o cinturão dos galos em 2016, no UFC 200, quando bateu Miesha Tate. Na sequência, ela ainda derrotou Ronda Rousey, Valentina Shevchenko e Raquel Pennington.

Já Cyborg, de 33 anos, tem um cartel de 20 vitórias e apenas uma derrota. A paranaense, que não perde desde 2005, quando debutou no MMA, fará sua terceira defesa de título no octógono. Antes da superluta contra Amanda, Cris conquistou o título contra Tonya Evinger e derrotado Yana Kunitskaya, e Holly Holm.

 

MAIS SOBRE:

LutasBrasil [América do Sul]Cris CyborgAmanda NunesUFC [Ultimate Fighting Championship]Dana WhiteMMA [artes marciais mistas]
Comentários