Dana White afirma que teria vencido Tito Ortiz em luta de boxe: 'Eu o destruiria'

Presidente do UFC diz que combate esteve próximo de ocorrer, mas não aconteceu por receio do ex-campeão

 D. White em coletiva de imprensa do UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFCNo MMA, muitos atletas entram para a história após travarem grandes rivalidades dentro do esporte. No entanto, um caso relevante que movimentou os bastidores das artes marciais mistas não envolveu dois lutadores, propriamente dito. A antipatia, no caso, aconteceu entre Tito Ortiz, ex-UFC e o próprio presidente da empresa, Dana White.

Relacionadas

Segundo Dana, as discussões, que, na maioria das vezes eram feitas via imprensa, quase extrapolaram os limites e chegaram às vias de fato em um desafio de boxe. Para o mandatário, caso tivesse acontecido, ele teria levado a melhor sobre o ex-campeão meio pesado. A informação foi divulgada em entrevista ao Barstool Sports.

"Eu sei (que eu ganharia), e ele (Tito) também. Foi por isso que não aconteceu. Tito Ortiz estava fazendo um novo acordo conosco. O Tito e eu odiávamo-nos tanto que o Lorenzo Fertitta (ex-sócio do UFC) fez este negócio", declarou Dana.

O presidente do UFC ainda colocou em cheque a capacidade de nocaute de Ortiz. Segundo o presidente, a capacidade de nocaute de seu algoz era pequena, o que poderia favorecê-lo em um possível combate.

"Tito nunca teve mãos pesadas. Ele estava trabalhando no boxe com Fernando Vargas. Ele começou a sentir que as suas mãos estavam ficando mais fortes. Ele disse ao Lorenzo que o último compromisso que ele queria em seu contrato era um uma luta de boxe de três rounds comigo. Três rounds de três minutos. Eu disse ao Lorenzo que sim. Assine o contrato", disse o chefão.

A quem não sabe, Dana costumava circular em meio a lutadores profissionais de boxe quando era mais jovem. O, hoje, empresário, chegou a treinar com alguns atletas que se preparavam para combates profissionais, o que poderia favorecê-lo em uma luta de boxe contra Tito.

"Esta não ia ser a primeira vez que eu e o Tito lutaríamos. Quando ele apareceu, eu estava treinando. Eu estava a treinar com boxeadores profissionais pesados que estavam classificados no top 10. Eu estava em ótima forma e estava pronto. Ia dar cabo dele na frente de todos", afirma Dana.

O mandatário, no entanto, fez questão de afirmar que, em uma peleja de MMA, ele não seria páreo para Ortiz. Segundo White, nas artes marciais mistas, Ortiz o teria matado. "Deixem-me deixar isto bem claro: Se isto fosse um jogo de MMA, o Tito me mataria. Como se fosse o espancamento mais horrível que você já viu em sua vida. Ele pegaria minha perna e me esmagaria contra a grade. No boxe, no entanto, eu o destruiria", disse.

Questionado sobre a possibilidade de realizar o confronto atualmente, Dana foi rápido e rasteiro em sua resposta. "Estou muito velho para isso agora", finalizou.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Dana White
Comentários