Demian Maia relembra drama após ter recebido facada na barriga

Lutado do UFC conta em entrevista o desafio da recuperação e as fortes dores que suportou

Relacionadas

O lutador do UFC Demian Maia recordou, em entrevista à Ag. Fight, no Youtube, a história de quando se envolveu em uma confusão com sírios e foi esfaqueado, em uma boate, na Suécia, em 2004. Na ocasião, o lutador possuía apenas uma luta no MMA profissional e focava no aprimoramento das técnicas de jiu-jitsu.

"Fui dar um seminário na Suécia e vieram uns caras mexer comigo na balada Às duas horas da manhã estava assistindo a um show, levantei-me para ir embora e vieram uns caras para cima para meio que me empurrar e começou uma confusão. Acabei nocauteando um cara com cotovelada, mas tinham mais uns seis. Quando o cara caiu, eu fiquei desesperado porque o cara implodiu. Achei que poderia ter acontecido o pior", disse. 

Maia afirmou que logo depois percebeu que tinha sido alvo de um golpe mais forte. "Nessa eu tomei um soco no estômago e todos saíram correndo. Botei a mão e lembrei de uma história de uma pessoa que tomou uma facada e não sentiu dor. Pensei que ninguém ia tentar me dar um soco na barriga, iam tentar acertar minha cara e me liguei que tinha tomado uma facada", contou Maia.

Ao perceber o sangue em sua roupa, o lutador afirmou que ficou desesperado, já que não sabia se a facada teria perfurado algum órgão de seu corpo. Apesar de não ter tido danos mais sérios, o ferimento lhe causou dores horríveis nos dias seguintes. "Na hora não dói, mas depois é uma dor insuportável, parece uma cãibra na barriga que não para nunca. Quando voltamos ao hospital o médico me liberou e fomos a um museu. Não conseguia me mexer de dor. Horrível. Tempo inteiro sem parar", relembrou o lutador.

O futuro de Demian Maia no UFC ainda é incerto. Aos 42 anos, o atleta afirmou que fará uma última luta, antes de concretizar sua aposentadoria, porém, não descartou que pode prorrogar este momento. Atualmente, o brasileiro ocupa a sexta colocação no ranking de sua categoria. Ao longo de sua carreira, foram 28 vitórias e dez derrotas. 

MAIS SOBRE:

Demian MaiaUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários