Dos Anjos afirma que Covington é 'apenas uma versão pior de McGregor'

Falastrão norte-americano chegou a chamar os paulistas de 'animais imundos'

 Se vencer a luta, R. dos Anjos conquistará dois cinturões em categorias de peso diferentes. Foto: Reprodução/ Facebook UFC

Relacionadas

Em 2017 no UFC em São Paulo, o Colby Covington venceu Demian Maia por pontos, mas o que chamou a atenção do card foram os insultos que Covington a Demian e ao povo brasileiro. O brasileiro Rafael dos Anjos é o próximo adversário do norte-americano pelo título interino dos meio-médios (77 kg) no UFC 225 no dia 09 de junho em Chicago. O brasileiro afirma que Colby está tentando ser McGregor.

+ Luta principal do UFC Utica define desafiante ao cinturão peso galo

+ Jon Jones ainda se considera campeão, com ou sem o cinturão

+ Ex-desafiante ao cinturão de Ronda Rousey no UFC anuncia gravidez

Acho que Colby está apenas tentando (ser Conor McGregor). Conor faz bem. Conor, ele é um homem rico, ele ganha muito dinheiro. Ele é um homem de negócios e eu posso respeitar isso. Mas Colby, ele é apenas uma versão pior de Conor McGregor. Ele está tentando ser como Conor, mas quando ele perde para mim, sua carreira está terminada. Tudo o que ele tem é conversa, nada mais", disse dos Anjos.

Em entrevista o site MMAFighting, Rafael ainda explicou que não está impressionado com o que viu do adversário até o momento. "Você não diz nada quando vê pessoas cara a cara, cara. Você é uma fraude. Você acabou de olhar para o seu telefone. Você apenas abaixa a cabeça e nem sequer olha em volta. Se você está tentando ser um cara mau, você tem que ser um cara mau o tempo todo. Não seja falso", falou o brasileiro para Covington.

O brasileiro ainda mandou um recado para o adversário: "Ei, garotinho. Eu vou lutar com você na próxima semana". Ex-campeão peso leve do UFC, dos Anjos busca o cinturão em uma segunda categoria de peso, após conseguir um recorde perfeito de 3-0 com vitórias sobre Robbie Lawler, Neil Magny e Tarec Saffiedine.

Colby Covington vem de cinco vitórias consecutivas. Nesta sequência, o americano bateu Jonathan Menier, Max Griffin, Bryan Barberena, Dong Hyun Kim e Demian Maia. O norte-americano não é derrotado desde dezembro de 2015 quando foi finalizado por Warlley Alves.

MAIS SOBRE:

LutasRafael Dos AnjosUFC [Ultimate Fighting Championship]Conor Mcgregor
Comentários