Ex-NFL acusado de violência doméstica é desclassificado em sua estreia no UFC

Greg Hardy, ex-defensor do Dallas Cowboys, acertou uma joelhada ilegal em Allen Crowder

 Hardy aplica joelhada ilegal no UFC Brooklyn. Foto: Reprodução / ESPN

Relacionadas

A NFL, liga de futebol americano dos EUA, chega a sua reta final neste domingo, mas um velho conhecido do esporte aprontou em sua estreia no octógono. Greg Hardy, ex-jogador do Dallas Cowboys, foi banido da liga após ser preso por agressão doméstica. Agora, em sua primeira luta no Ultimate, ele foi desclassificado por um golpe ilegal.

O agora lutador acertou uma joelhada em Allen Crowder, quando ele estava no chão (veja o golpe abaixo). O duelo entre os pesos pesados foi a segunda luta mais importante do UFC Brooklyn, realizado neste sábado (19), em Nova York (EUA).

A polêmica estreia de Greg Hardy no UFC

Greg Hardy chegou a anunciar na semana do UFC Brooklyn que vinha fazendo tratamento com uma psicologa para o controle de raiva. Após ser preso em 2015, por violência doméstica, o ex-defensor do Dallas Cowboys - equipe mais tradicional da NFL -, migrou para o MMA e garantiu estar mudado. Porém, em sua primeira luta no UFC ele aprontou novamente.

Com o adversário, Allen Crowder, ajoelhado e segurando uma de suas pernas, o norte-americano disparou uma joelhada em cheio no rosto do rival.

O árbitro Dan Magliota ficou visivelmente irritado com Hardy e falou várias palavras de baixo calão ao lutador. Ele chegou a gritar que se Crowder não voltasse, ele iria o desclassificar. Allen percebeu o fato e deixou a área lutas para ser declarado vencedor.

A luta antes do golpe ilegal

O combate entre os pesos pesados começou quente. Hardy conectou os melhores em pé, mas Crowder conseguiu uma queda e ficou boa parte da parcial por cima, mas sem golpear.

No segundo assalto, a disputa perdeu ritmo com os lutadores demonstrando bastante cansaço. Na metade da parcial, Allen Crowder chamou Greg Hardy para a troca de socos. Ele tentou derrubar o ex-jogador da NFL, que fez bem a defesa. Com Crowder, ainda segurando sua perna e o joelho apoiado no chão, Hardy disparou uma joelhada de encontro da cabeça do rival. O golpe é ilegal e o árbitro imediatamente parou a disputa o desclassificando.

Resultados do UFC Brooklyn

Card Principal

Peso mosca: Henry Cejudo derrotou TJ Dillashaw por nocaute a 32s do R1 - luta pelo cinturão

Peso pesado: Allen Crowder derrotou Greg Hardy por desclassificação (joelhada ilegal) a 2m38s do R2

Peso leve: Gregor Gillespie derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico a 4m59s do R2

Peso mosca: Joseph Benavidez derrotou Dustin Ortiz na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Paige VanZant finalizou Rachael Ostovich com uma chave de braço a 1m50s do R2

Peso meio-pesado: Glover Teixeira finalizou Karl Roberson com um katagatame a 3m21s do R1

Card Preliminar

Peso leve: Donald Cerrone derrotou Alexander Hernandez por nocaute técnico a 3m43s do R2

Peso mosca: Joanne Calderwood derrotou Ariane Lipski na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso meio-pesado: Alonzo Menifield derrotou Vinicius Mamute por nocaute técnico a 3m56s do R1

Peso galo: Cory Sandhagen finalizou Mario Bautista com uma chave de braço a 3m31s do R1

Peso leve: Dennis Bermudez derrotou Te Edwards na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 30-26)

Peso meio-médio: Geoff Neal derrotou Belal Muhammad na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Chance Rencountre finalizou Kyle Stewart com um mata-leão a 2m25s do R1

 

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários