Federação Internacional de Judô retira Mundial Junior da Coreia do Norte

O aumento das tensões e dos exercícios militares na península coreana motivaram a mudança de local das competições

Relacionadas

A Federação Internacional de Judô (IFJ) divulgou comunicado nesta quarta-feira informando que não fará mais, na Coreia do Norte, o Campeonato Mundial Junior 2017 da modalidade, que ocorreria na capital do país, Pyongyang. A justificativa é de que existem riscos de segurança, dificuldades de acesso e más condições para transmissões ao vivo.

A Coreia do Norte havia sido escolhida em agosto do ano passado como sede do mundial, e segundo a FIJ, "vários países, federações nacionais e indivíduos envolvidos comunicaram que estão preocupados com este evento". "Alguns deles declinaram participação, outros expressaram preocupação com a participação de seus filhos neste evento", informou a entidade.

As competições acabaram transferidas para Zagreb, na Croácia, e ocorrerão entre 18 e 22 de outubro.

MAIS SOBRE:

lutasjudô
Comentários