Gastelum revela estratégia contra Jacaré: 'Tenho que bater em pé'

Para Gastelum a luta contra Jacaré o credencia para enfrentar o vencedor de Robert Whittaker x Yoel Romero pelo cinturão

 O UFC Rio será a segunda luta de K. Gastelum no Brasil. (Foto: Reprodução / Facebook UFC)

Relacionadas

O ponto forte de Ronaldo Jacaré é o jiu-jítsu e isso não é segredo para os adversários. Kelvin Gastelum, próximo oponente do brasileiro, tem como objetivo evitar ir para o chão. Os lutadores se enfrentam no UFC 224 no Rio de Janeiro, dia 11 de maio.

+ Joanna Jedrzejczyk afirma que subirá de categoria se for campeã peso palha

+ Agenda: UFC planeja evento no Ginásio do Ibirapuera em setembro

+ Anderson Silva aposta em Khabib como 'melhor do esporte'

Em entrevista ao site Combate.com, Gastelum afirmou que terá dificuldades para lutar com Jacaré e a estratégia é manter a luta em pé. "Fiz todo meu camp aqui com Rafael Cordeiro, treinei muito para esta luta e estou pronto para o que acontecer. O Jacaré tem poder para nocautear, tem o jiu-jítsu muito afiado, acho que será uma luta difícil, mas não impossível. Eu sei que ele tem o jiu-jítsu muito bom, mas sei que estou pronto para o que vai acontecer. Se for para o chão, estou pronto, se ele bater em cima, estou pronto para isso também. Já lutei com lutadores maiores do que ele, então isso não é um fator que tenha muita importância para mim nesta luta. É simples. Tenho que bater nele em cima. Acho que é a melhor estratégia, tentar manter a luta em pé", afirmou Kelvin.

O lutador norte-americano quer que o confronto com Ronaldo Jacaré o credencie para enfrentar o vencedor de Robert Whittaker x Yoel Romero. “Vejo que o Jacaré está em boa forma física, então ele está mais do que pronto para fazer uma boa luta também. Acho que ganhando, vou disputar o título depois. Quero vencer, disputar o título dos médios e depois baixar de categoria outra vez para desafiar o campeão da categoria de baixo”, explicou.

Gastelum acredita que o próximo campeão será Romero. O confronto entre Whittaker e Romero é no UFC 225 em Chicago, dia 9 de junho.

Essa é a segunda vez que o norte-americano luta no Brasil. A primeira participação foi em 2017 quando enfrentou Vitor Belfort no UFC Fortaleza. Ele nocauteou o Fenômeno no primeiro round, mas a vitória se tornou uma luta sem resultado após ser flagrado por uso de maconha em exame antidoping.

Programa de lutas do UFC 224, no Rio de Janeiro:

Peso-galo: Amanda Nunes x Raquel Pennington

Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Kelvin Gastelum

Peso-palha: Mackenzie Dern x Amanda Cooper

Peso-galo: John Lineker x Brian Kelleher

Peso-médio: Vitor Belfort x Lyoto Machida

Peso-médio: Cézar Mutante x Karl Roberson

Peso-pesado: Alexey Oleynik x Júnior Albini

Peso-leve: Davi Ramos x Nick Hein

Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Sean Strickland

Peso-meio-médio: Warlley Alves x Sultan Aliev

Peso-médio: Thales Leites x Jack Hermansson

Peso-meio-médio: Alberto Miná x Ramazan Emeev

Peso-médio: Markus Maluko x James Bochnovic

MAIS SOBRE:

LutasRio de Janeiro [estado]Vitor BelfortAmanda Nunes
Comentários