FERA DO PASSADO: Há 31 anos, Mike Tyson era campeão mundial pela 1ª vez

'Iron Man' nocauteou Trevor Berbick, no segundo assalto, e iniciou reinado na principal categoria do boxe

Em 1986, o boxe estava órfão de um grande campeão na categoria dos pesos pesados, a mais importante da "nobre arte", desde a aposentadoria de Muhammad Ali. Mas um garoto, de 20 anos, vindo do Brooklyn, Nova York, assombrou o mundo, ao nocautear o canadense Trevor Berbick, no segundo assalto, em Atlantic City. A cena do então campeão caindo três vezes seguidas é uma das mais marcantes do esporte.

Relacionadas

+ Confira as notícias de Mike Tyson

Com um cartel impressionante de 28 lutas, com 28 vitórias, 26 nocautes, Mike Tyson se destacava pela violência e velocidade dos golpes. Baixo para a categoria (1,81 metro), o Iron Man liquidava seus adversários com uppercuts (golpe de baixo para cima) e ganchos, principalmente de esquerda. De suas 50 vitórias, 24 foram por nocaute no primeiro assalto.

Antes de ser campeão mundial já fora capa da revista Sports Illustrated, graças a um trabalho muito bem feito por seus empresários, Bill Cayton e Jim Jacobs, que editaram uma fita com os 15 primeiros triunfos do pugilista e enviaram para os principais críticos de boxe dos Estados Unidos.

 

Tyson seguiu como campeão até 1990, quando foi derrotado por James Buster Douglas, em Tóquio, na maior zebra dos bo xe em todos os tempos. s bolsas de apostas pagaram 40 por 1.

Tyson se envolveu em vários problemas fora dos ringues e cumpriu pela por estupro de 1992 a 1995. Retornou aos ringues para recuperar o cinturão mundial em 1996. Mesmo ano em que perdeu para Evander Holyfield. Na revanche, perdeu a cabeça e mordeu duas vezes o adversário.

Tyson perdeu a luta e a credibilidade. Ainda teve uma chance de tentar reconquistar o cinturão, mas foi apenas uma "sombra" frente a Lennox Lewis, em 2002.

Lutou até 2005 e sofreu a maior perda de todas em 2009, quando a filha Exodus, de quatro anos, morreu enforcada em casa. O fato mudou o comportamento do ex-campeão mundial, que largou a bebida e as drogas e passou a trabalhar no cinema, teatro e televisão. Tyson está com 51 anos.

MAIS SOBRE:

fera do passadolutasboxeBoxeMike Tyson
Comentários