Holloway critica desculpas de Aldo após UFC 212: ‘Um pouco covarde’

Havaiano não gostou da postura do brasileiro, que alegou ter se lesionado na preparação antes da luta entre os dois

 M. Holloway (foto) criticou Aldo (Foto: Reprodução Facebook Max

Relacionadas

Escalado para enfrentar novamente José Aldo após vencê-lo no UFC 212, Max Holloway criticou a postura do ex-campeão após o duelo. Ao perder o seu cinturão peso-pena para o havaiano, o brasileiro admitiu que sentiu uma lesão durante os treinos, mas não deixou o combate para não desapontar os fãs e o Ultimate. Os dois fazem a revanche no UFC 218 do próximo dia 2 de dezembro.

Holloway, que faria sua primeira defesa de título contra Frankie Edgar, antes de o ex-campeão dos leves se machucar e dar lugar a Aldo, criticou o postura do brasileiro.

"Isso foi um pouco covarde para mim, dizer algo assim e tirar a vitória de alguém. Simplesmente achei estúpido. Espero que ele não tenha uma lesão desta vez, e espero que chute mais. Aliás, não chute - o cara estava morto de cansado no segundo round. Sua boca estava aberta. Consegui provocá-lo, dei um soco, e a partir daí sabia: “Uau, esse cara não está realmente se movendo mais”. Esse foi o momento de aumentar a pressão, e foi isso que fiz", comentou o campeão, em entrevista ao site da emissora norte-americana ESPN.

"Na nossa primeira luta, não sei o que as pessoas estavam assistindo, mas alguns dizem que eu estava perdendo até que o nocauteei no terceiro assalto. Devem ser alguns fãs do Aldo. Mas ele é um dos melhores há anos, então para mostrar que sou o melhor em lutas seguidas, assinei a revanche", encerrou.

MAIS SOBRE:

lutasJosé AldoUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários