Holloway ironiza motivação de Aldo para lutar: ‘Está na profissão errada’

Lutador havaiano colocou em xeque declarações do brasileiro, que garantiu se sentir mais motivado para a revanche pelo cinturão

 Holloway contestou motivação de Aldo (Foto: Reprodução Facebook Max

Relacionadas

As recentes declarações de José Aldo, que garante sentir uma motivação extra para disputar novamente o cinturão peso pena do UFC, tem incomodado Max Holloway. Em teleconferência com a imprensa nesta última terça-feira, 21, o havaiano questionou o fato de Aldo dizer que se sente mais motivado para a revanche em Detroit, dia 2 de dezembro, do que na primeira vez em que se enfrentaram, em junho passado, quando o ex-campeão foi nocauteado.

“Falando sobre motivação, esse cara fala que está tão motivado pelo cinturão... Eu lutei contra ele no país dele, ele era o campeão, e ele está dizendo agora que está mais motivado. Se lutar no seu país, pelo seu povo, pelo seu cinturão não é motivação o bastante, o que é isso?", questinou Holloway.  

+ Sem vencer desde 2013, Rashad Evans anuncia retorno aos meio-pesados

+Lutadora de muay thai morre aos 18 anos durante corte de peso

+ Siga o Fera no Twitter!

"Quero vencer. Eu não me importo com quem eu lute, posso lutar com esse cara dez vezes seguidas, eu vou estar sempre motivado. Este é quem eu sou, tenho espírito de guerreiro. Não preciso de muito para me motivar. Se você tem dificuldade em se motivar, está no ramo errado, você pode se machucar. Eu estou motivado, não importa se fosse ele ou outro, eu estou pronto pra lutar”, completou. 

A revanche não estava nos planos do UFC, uma vez que Holloway colocaria seu título em jogo contra Frankie Edgar, mas uma lesão do ex-campeão dos leves abriu caminho para Aldo ter a segunda chance. A mudança de oponente não incomodou o ‘Abençoado’, que garante estar pronto para qualquer desafio, independente de nomes.

“Escolheram o Aldo, eu tenho a chance de provar a todos que sou o melhor do mundo, e será uma noite divertida. (...) É uma luta de legado. José nunca perdeu lutas consecutivas, ninguém jamais o bateu duas vezes, e para eu ser o maior campeão peso-pena, este é um ponto de partida. Eu preciso me focar nesta próxima luta, não estou focado nos recordes. Estou sempre 0-0, mas é uma luta por legado sim, me deixa um passo mais próximo de provar a todos porque devo ser considerado um dos melhores lutadores a competir neste esporte na história”, concluiu. 

MAIS SOBRE:

lutasUFC [Ultimate Fighting Championship]MMA [artes marciais mistas]José Aldo
Comentários