Imagem forte: lutador de wrestling enfarta durante luta e morre no ringue

Mexicano César Barron tinha 51 anos e era conhecido como Silver King

Relacionadas

O sábado do UFC foi marcado por duras derrotas de Anderson Silva e José Aldo, além do cinturão da brasileira Jéssica 'Bate-Estaca'. Em outra modalidade, no wrestling, uma luta teve um fim trágico: o mexicano César Barron, conhecido como Silver King, morreu durante um evento em Londres chamado 'Greatest Show of Lucha Libre'.

Aos 51 anos, Barron é conhecido por ter atuado junto ao Jack Black no filme de comédia Nacho Libre. Ele fazia uma apresentação em que enfrentava Juventud Guerrera em evento realizado no bairro de Camden, no norte de Londres, quando teve um enfarte ainda dentro do ringue. 

As imagens são impressionantes. De acordo com a imprensa mexicana, César Barron sofreu um ataque cardíaco enquanto lutava, mas nem seu adversário nem o árbitro ou os espectadores perceberam o que estava acontecendo de imediato. "Pareceu que tinha sido encenado. Obviamente pareceu algo bastante normal durante uma luta", comentou Carrera Maldonado, que estava na plateia, em entrevista à BBC. O wrestler, no entanto, continuou deitado apesar dos esforços do árbitro para que se levantasse enquanto o seu adversário comemorava a vitória. 

Na modalidade, uma divisão do wrestling chamada Lucha Libre, os competidores usam máscaras coloridas e atuam como se fosse uma luta de vale-tudo, mas são shows para o público e não combates reais.

Barron era filho de outro lutador, conhecido como Dr. Wagner, e seu irmão, Dr. Wagner Junior, também competia. Em novembro do ano passado, uma modalidade parecida deixou um lutador gravemente ferido após ter sido acertado com um bloco de concreto em sua cabeça. 

MAIS SOBRE:

César BarronUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários