Jacaré mostra confiança em vitória, mas mantém cautela sobre força de Blachowicz

Brasileiro, que faz estreia entre os meio-pesados neste sábado, não quer cometer os mesmos erros de Rockhold

 R. Jacaré (foto) está pronto para estreia entre os meio pesados. Foto: Reprodução/Facebook ufcbrasilUma das estrelas principais do UFC São Paulo, que acontece neste sábado (16), Ronaldo Jacaré está pronto para começar sua trajetória entre os meio-pesados (até 93kg.) do Ultimate. O brasileiro irá encarar o perigoso Jan Balchowicz e espera um bom resultado diante de um oponente perigoso. Para o combate, o lutador afirmou que pretende usar o chão e adota cautela ao tratar da força física de seu rival. A declaração foi feita em entrevista ao Ag Fighgt.

Relacionadas

"É visível que ele tem um poder de nocaute maior que o meu, e respeito isso. Não estou menosprezando nem um pouco. Mas também tenho minhas armas, e, se eu conseguir usar, vai ficar ruim para ele", contou o brasileiro.

Apesar da visível melhora da qualidade de seu jogo em pé, Jacaré é um especialista no jiu-jitsu. Contra um adversário mais forte, a "arte suave" pode ser uma solução, como ocorria nos primórdios do Ultimate.

"Com certeza (o jiu-jitsu) é uma arma que tenho e vou procurar usar ao máximo. Ele é um adversário muito duro. O Rockhold falou muito antes da luta e deu no que deu. Estou entrando quieto e vou sair vitorioso. A gente usa as armas que temos de melhor, e uma delas é a velocidade, acredito que vá fazer a diferença nessa luta", declarou Jacaré.

O brasileiro, que é duas vezes campeão mundial absoluto de jiu-jitsu aprimorou sua luta em pé e fez uso delas em seus últimos confrontos. A última vez que o atleta venceu um combate por finalização aconteceu em 2017, quando derrotou Tim Boetsch com uma Kimura em combate válido pelo UFC 208. Os fãs do combatente, então, podem viver a expectativa de ver o capixaba usando da "arte suave" em sua apresentação.

"Para essa luta, estou querendo trazer bastante jiu-jitsu. Fiz um bom camp (período de treinamento). Estou supertranquilo, de boa, sem sofrer para perder o peso, e isso está me deixando muito confiante", finalizou o lutador.

Próximo dos anos, Ronaldo irá se aventurar em um território perigoso, reinado por Jon Jones. Uma vitória, poderá colocar o brasileiro no radar para uma possível disputa de título no futuro. O embate deste sábado pode, também, colocar fim em uma fase complicada na carreira do capixaba, quem sofreu três derrotas em suas últimas cinco apresentações.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Ronaldo Jacaré
Comentários