Jacaré reclama de Anderson Silva disputando cinturão: 'vou começar a me dopar'

Lutador acha injusto nunca ter recebido a oportunidade de duelar pelo título

Relacionadas

O retorno de Anderson Silva ao octógono será com casa cheia. Além disso, o lutador brasileiro já anunciou, com direito a confirmação de Dana White, que vai disputar o cinturão dos médios caso vença o nigeriano Israel Adesany. Mas nem todo mundo está contente com essa prestigiada volta de 'Spider'.

Ronaldo Jacaré luta pela mesma categoria que Anderson Silva, nos pesos médios, mas nunca recebeu a oportunidade de duelar pelo título. O capixaba comentou, em entrevista ao portal do Vale-Tudo, que ficou decepcionado por terem passado seu ex-companheiro de equipe na sua frente.

"Antes de lutar MMA, eu já era famoso. No meu tempo, lutava campeonato amazonense e me credenciava para lutar o Mundial. Se eu não ganhasse o amazonense, não ia lutar o Mundial, e ninguém cortava a minha frente", comparou Jacaré.

O lutador de 39 anos foi muito sincero sobre Anderson Silva ter sido pego em um teste antidoping e suspenso por 12 meses antes de sua última luta, quando foi escalado para encarar Kelvin Gastelum, em novembro de 2017, com um histórico profissional de 34 vitórias e oito derrotas.

"Agora, assim, só porque o cara tem nome e tudo... A realidade é a que o Anderson está vindo de doping, cara. O Anderson está fora do ranking, entendeu? Aí depois que sai uma m*** daquelas, que o cara pula a grade, bate no outro, faz as c... Eu acho que vou começar a me dopar, começar a fazer um monte de m***, xingar todo mundo... Talvez lute pelo cinturão", desabafou.

Robert Whittaker, atual campeão, e Kelvin Gastelum, o desafiante, lutam pelo título dos médios no mesmo evento que Anderson Silva, no UFC 234, evento que ocorre dia 9 de fevereiro, em Melbourne, na Austrália. O lutador argumenta que Yoel Romero, Luke Rockhold e Israel Adesanya também não merecem lutar pelo cinturão.

"Romero lutou pelo cinturão e não bateu o peso. Luke ia lutar com o Chris, se machucou e não lutou. Agora, como é que você vai botar esses dois para lutar (pelo título), se um não bateu o peso e outro se machucou pra lutar com o Chris? Eu estava lá, irmão! No dia da luta, estava lá e pronto para lutar, saudável, com 39 (anos de idade). Está entendendo? Vai botar quem? Vai botar o cara que vem do doping?", questiona.

 

MAIS SOBRE:

LutasRonaldo JacaréAnderson SilvaDana WhiteMMA [artes marciais mistas]dopingUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários