Jones é flagrado em doping com a mesma substância, mas não deve ser punido

Em teste voluntário foram encontrados 33 picogramas de turinabol

 J. Jones foi flagrado com Turinabol em 2017. Foto: Reprodução/Instagram @jonnybones

Relacionadas

Jon Jones passou limpo pelo exame antidoping feito pela Antidoping dos Estados Unidos (USADA) e Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC) após o UFC 232. Entretanto, a Associação Voluntária Antidoping (VADA) divulgou nesta quinta-feira que o teste realizado durante a pesagem do evento mostrou uma pequena quantidade de turinabol.

O presidente da CSAC, Andy Foster explicou que por ser porção pequena de turinabol (33 picogramas) não se trata de um novo caso de doping. Ele voltou a afirmar que a substância encontrada são resquícios do doping descoberto após a segunda luta contra Daniel Cormier em 2017. Após ser flagrado naquele teste, Jones foi suspenso por 15 meses.

"Os cientistas mantiveram o discurso. Jones já foi punido por esses metabólitos. Não há como punir duas vezes pela mesma infração", falou Foster em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting.

Jones venceu Alexander Gustafsson e recuperou o cinturão dos meio-pesados no UFC 232. Sua primeira defesa de título será contra Anthony Smith no UFC 235, dia 02 de março. Para poder atuar em Las Vegas, ‘Bones’ terá que ser liberado pela Comissão Atlética de Nevada.

 

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]Jon JonesUFC [Ultimate Fighting Championship]doping
Comentários