Judoca bicampeã olímpica segue os passos de Ronda e estreia no MMA

Depois das Olimpíadas do Rio, em 2016, Kayla Harrison pendurou o quimono

 Kayla anuncia primeira luta no MMA. Foto: Reprodução / Instagram @judokayla

Relacionadas

A norte-americana Kayla Harrison quer seguir os passos de Ronda Rousey. Depois de conquistar a medalha de ouro no judô nas Olimpíadas do Rio, em 2016, ela pendurou o quimono e iniciou sua transição para o MMA. Depois de dois anos apenas treinando ela fará sua estreia na nova modalidade. A faixa-preta debuta no Professional Fighters League (PFL), em junho.

Cigano, Minotouro e Pezão são inocentados por casos de doping no UFC

Lutador medalhista olímpico é acusado de homicídio nos EUA

+ UFC anuncia Matt Serra como novo membro do Hall da Fama

Em entrevista ao programa 'MMA Hour', Harrison preferiu não relevar quem será sua adversária na estreia, já que duas lutadoras se recusaram a enfrentá-la. Além disso, a loira revelou como foi o processo de transição para a nova modalidade.

"Venho esperando por muito tempo para lutar. O primeiro obstáculo era eu mesma. Queria me sentir nervosa, entrar lá e ver como eu me sentia recebendo socos na cara. Depois que descobri que gostava, passamos a esperar pela Professional Fighters League se estabelecer, o que acabou de acontecer. Como o primeiro card deles está formado e acontece dia 7 de junho em Nova York, vou me apresentar no segundo, dia 21 de junho, em Chicago", afirmou Harrison.

Nos passos de Ronda Rousey

Kayla segue os passos de sua antiga parceira de treinos Ronda Rousey, que começou a competir no MMA após conquistar o bronze nas Olimpíadas de Pequim, na China. Anos mais tarde, Ronda entrou no UFC, se manteve como campeã e se tornou uma das maiores estrelas do MMA.

MAIS SOBRE:

LutasKayla HarrisonMMA [artes marciais mistas]Nova York [Estados Unidos]UFC [Ultimate Fighting Championship]judô
Comentários