Kamaru Usman e Colby Covington recebem maiores salários do UFC 245

Protagonistas da luta principal do UFC tiveram o mesmo salário: US$ 500 mil (cerca de R$ 2,4 milhões)

Relacionadas

O nigeriano Kamaru Usman guardará boas recordações do UFC 245, realizado no último sábado (14), em Las Vegas (EUA). Além de nocautear seu desafeto, Colby Covington, ele ainda deixou o show com o maior salário da atração. Apesar de derrotado, Covington também embolsou a mesma quantia do algoz.

A Comissão Atlética de Nevada, entidade que sancionou o show, divulgou as bolsas pagas aos atletas e tanto Usman como Covington receberam US$ 500 mil, cerca de R$ 2,4 milhões na cotação atual por suas apresentações.

Entre os brasileiros, o maior pagamento ficou para Amanda Nunes. A campeã peso galo, que defendeu seu cinturão contra Germaine de Randamie, embolsou US$ 450 mil (R$ 1,8 milhões). Já a holandesa, superada na decisão unânime dos juízes, ficou com "apenas" US$ 100 mil (R$ 407 mil).

Já José Aldo, que mesmo derrotado em sua estreia no peso galo, teve um bom pagamento. O "Campeão do Povo" ganhou uma bolsa de US$ 400 mil, R$1,6 milhões aproximadamente. Já Marlon Moraes, que venceu Aldo no card principal, recebeu pouco mais da metade dos vencimentos do rival US$ 220 mil (R$ 895,4 mil).

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Colby CovingtonKamaru Usman
Comentários