Khabib comenta agressão de McGregor em bar: ‘Tem que ir para a cadeia’

Campeão dos leves e eterno rival de irlandês critica postura do astro, que vem colecionando polêmicas extra-octógono

 K. Nurmagomedov (foto)<br As polêmicas de Conor McGregor extra-luta ganhou mais um capítulo nesta semana. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o irlandês aparece agredindo uma pessoa, aparentemente idosa, em um bar na Irlanda. O caso tem repercutido no meio do MMA e foi duramente criticado por seu grande rival e último algoz, Khabib Nurmagomedov. Em entrevista ao ‘TMZ Sports’. O russo e Conor se enfrentaram em outubro do ano passado em luta válida pelo título dos leves (até 70,3kg.), no UFC 229.

Relacionadas

“É uma loucura. Toda mídia se mantém em silêncio. Ninguém publicou nada a respeito disso. Eu não consigo imaginar se eu socasse alguém no rosto, quantas pessoas publicariam e falariam de mim”, disse Nurmagomedov, que se refere ao fato de o caso ter ocorrido em abril, mas só ter sido exposto em agosto. “Isso é uma coisa muito ruim. Mesmo se esse senhor te socasse na cara 10 vezes, você não pode descontar. Isso é impossível. Você tem que respeitar a todos. Eu não entendo”, indagou o russo.

Khabib também criticou a atitude das autoridades locais em lidar com o caso. Para o campeão dos leves, a situação exige que seja tomada uma atitude legal e que o irlandês seja punido pela confusão que causou.

“Eu acho que essas pessoas têm que ir para a cadeia, cara. Isso aconteceu na Irlanda? O que aconteceu o governo irlandês? Nós, na Rússia, temos problemas com vistos. Por que esse cara não tem problemas com visto nos Estados Unidos? Como os Estados Unidos podem dar um visto para ele? Essas pessoas têm que ser presas”, declarou Nurmagomedov.

Em certas ocasiões, situações de rivalidades entre atletas são vistas no meio do MMA e acontecem, muitas das vezes, para promover o combate e somar espectadores. O caso do russo e irlandês, no entanto, acabou indo além dos limites.

Mesmo após a batalha ocorrida em outubro do ano passado, que manteve Khabib na condição de campeão, os atletas não acalmaram os ânimos e continuaram a travar discussões por meio da imprensa e redes sociais, partindo até para situações de cunho pessoal, como religião e casos envolvendo a justiça. Portanto, sabendo de mais uma polêmica de McGregor, Khabib não escondeu sua indignação sobre mais um episódio do desafeto.

“Eu falei para vocês que esse cara não tem classe. Não tem respeito. Isso é muito ruim para o esporte. Algumas coisas que ele fez foram boas para o esporte, mas, agora, ele está fora de si. Ele perdeu a consciência. O governo tem que acabar com ele, na minha opinião”, finalizou o russo.

Mais do que as preocupações com Conor, Khabib, atualmente, mantém seu foco em sua próxima luta na defesa de seu cinturão. O atleta irá enfrentar o campeão interino de sua categoria, Dustin Poirier, pela unificação do título. O combate acontecerá em 7 de setembro, pelo UFC 242.

McGregor, por sua vez, não luta desde sua derrota para Nurmagomedov, em outubro do ano passado. O atleta aguarda um nome para que ele possa retornar ao octógono.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Khabib NurmagomedovConor Mcgregoragressão física
Comentários