Khabib Nurmagomedov não se arrepende de confusão com Conor McGregor

Campeão dos leves confessou que agiria da mesma forma em relação à polêmica que o suspendeu por nove meses do UFC

Relacionadas

O nome de Conor McGregor continua sendo pauta onde quer que Khabib Nurmagomedov esteja. Em coletiva promovendo o UFC 242, o russo admitiu que não se arrepende pela confusão envolvendo seu rival após o término do embate no UFC 229, em outubro de 2018.

“Não tenho arrependimentos. Eu faria isso hoje. Faria isso mais 100 vezes”, afirmou Nurmagomedov. Na ocasião, após finalizar McGregor, o russo saltou a grade do octógono e tentou agredir um dos membros da equipe do irlandês. Após o incidente, uma confusão generalizada foi formada dentro do espaço, com agressões entre atletas e seus treinadores.

Dana White recentemente admitiu que acredita na possibilidade de um reencontro entre os lutadores em um novo duelo. Quando perguntado sobre o assunto, Nurmagomedov preferiu não se posicionar. “Eu não estou pensando nisso agora. Estou pensando no dia 7 de setembro”, rebateu o atleta.

O adversário de Khabib no combate que irá representar a unificação do título dos leves, Dustin Poirier, também estava presente no local e apresentou suas expectativas para o embate. “Esta será a maior luta da minha carreira. Estou muito animado. Sempre fui o azarão, durante toda a minha carreira. Esta é só mais uma vez”, disse Poirier.

Um momento curioso aconteceu quando perguntaram ao russo se ele sentiu falta de lutar. Contrariando as expectativas, o russo afirmou que não. “Honestamente, eu não sinto falta disso. Claro que estou animado, mas não sinto falta nenhuma de lutar. Esta será uma das maiores lutas da minha vida. Estou animado para isso. O que me anima é poder enfrentar grandes adversários”, relatou Khabib.

O russo está de volta ao UFC e após cumprir nove meses de suspensão como consequência do incidente no UFC 229. O atleta colocará sua invencibilidade em jogo contra Dustin Poirier, que conquistou o direito de enfrentar Nurmagomedov após derrotar o campeão dos penas, Max Holloway, e conquistar o cinturão interino da divisão dos leves.

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]Khabib NurmagomedovConor McgregorUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários