Lutador fã de Bolsonaro promete surra em rival: 'Vai ter que se aposentar'

Darren Hill, inglês que vive no Brasil, garante que castigará Donald Cerrone, seu próximo rival

Relacionadas

Nos últimos dias, o inglês radicado no Brasil Darren Hill chamou atenção de todos ao "pedir" Bolsonaro como presidente do País em 2018. E ele voltou a criar polêmica, mas dessa vez dentro do octógono. Com 16 vitórias em 16 lutas como profissional, ele provocou bastante Donald Cerrone, que será seu adversário no UFC Polônia, dia 21 de outubro. Embora seu adversário seja renomado e respeitado no cenário de lutadores, o atleta da Astra Fight Team "deu de ombros" para o status do rival, prometendo que irá aposentá-lo após aplicar uma surra no americano.

"Como sempre falo: sou o melhor no que faço e vou ganhar dele. Talvez ele vá se aposentar de tanto que vou bater nele. Vai acabar no primeiro round. Não sei se ele vai aguentar. Juro por Deus. Ele vai ter que se aposentar. O que ele vai fazer com a cabeça mole? Vou bater tão forte que o cérebro dele não será mais o mesmo", declarou, em entrevista ao site do canal Combate.

Na última semana, Cerrone surpreendeu ao dizer que não sabe quem é Till. Questionado sobre a declaração do rival, o europeu mostrou não se preocupar com o fato, porém provocou afirmando que será conhecido após derrotá-lo, lembrando, inclusive, das derrotas do Cowboy diante do brasileiro Rafael dos Anjos.

"Ele é respeitoso, bem legal, gente boa. Mas não sabe nada de mim? Tudo bem, beleza, não é falta de respeito. Não me conhece, tudo bem. Estão falando que ele vai me conhecer quando eu bater nele, mas ele nunca mais vai esquecer de mim de tanto que vou bater nele. Ele apanhou do Dos Anjos. Eu sou três vezes maior que o Dos Anjos e bato bem mais forte. O Dos Anjos é um gato, e eu sou um gorila", que concluiu garantindo ser favorito para o combate.

"Acho que sou o favorito, tenho 24 anos, sou invicto, uma pessoa muito grande para o peso-meio-médio. O Cerrone vem de duas derrotas. Não me importo de para quem ele perdeu, se foi para o Lawler, Masvidal, porque eles não estão no meu nível. Eu sou um gorila. O que ele pode fazer comigo? O Cerrone lutou nos leves a vida inteira. No primeiro golpe ele vai se fechar e querer sair fora".

Natural de Liverpool e radicado em Balneário Camboriú, Darren Till, de apenas 24 anos, soma 15 vitórias e um empate em seu cartel profissional. No UFC são quatro lutas, com um empate e três triunfos, o mais recente no UFC Roterdã, no início deste mês, quando bateu Bojan Velickovic por pontos.

MAIS SOBRE:

LutasLuta
Comentários