Lutadora do UFC quase engasgou com seu sangue ao ser agredida por marido

Rachael Ostovich confessou que durante o ataque foi agredida na cabeça, rosto e costelas

A lutadora do UFC Rachael Ostovich sofreu uma agressão no domingo, dia 18, na cidade de Honolulu. O principal suspeito era seu marido que também é lutador de MMA, Arnold Berdon. Assim, nesta quarta-feira, a polícia do Havaí prendeu o companheiro da atleta. Ele é acusado de tentativa de homicídio em segundo grau e pode ser sentenciado a prisão perpétua.

Segundo os documentos revelados pelo site norte-americano TMZ, Ostovich foi agredida na cabeça, rosto e nas costelas repetidas vezes o que a faz cair no chão. Mesmo com dificuldades para respirar, Rachael conseguiu escapar do local. A lutadora ainda contou que devido ao ataque chegou a engasgar com o próprio sangue e vomitar algumas vezes.

De acordo com os documentos, a peso mosca havia sido agredida anteriormente por Berdon. Ela cita uma agressão que sofreu em maio deste ano, onde o marido bateu em suas pernas inúmeras vezes. 

Ostovich teve uma ordem de restrição concedida pela justiça do Havaí. Com isso, Arnold terá que permanecer a uma distância de 30 metros de Rachael e sua filha de cinco anos. O lutador segue preso.

 

MAIS SOBRE:

LutasUFC [Ultimate Fighting Championship]MMA [artes marciais mistas]agressão físicaRachael Ostovich
Comentários