Lutadora do UFC sofre fratura no rosto após caso de violência doméstica

Rachael Ostovich foi retirada do combate com Paige no UFC Brooklyn

 R. Ostovich foi revelada no reality show TUF 26. Foto: Reprodução/Instagram @rachaelostovich

Relacionadas

Rachael Ostovich foi atacada e hospitalizada no domingo, em Honolulu, no Havaí (EUA). Segundo o site norte-americano TMZ, a lutadora havaiana sofreu uma fratura no osso orbital devido a violência doméstica.

A empresa que cuida de sua carreira, Sucker Punch Entertainment emitiu uma declaração que oficializa a saída da atleta do combate com Paige VanZant no UFC Brooklyn, dia 19 de janeiro. O Ultimate ainda não se pronunciou sobre o caso.

"Um incidente muito infeliz ocorreu no domingo à noite com Rachael Ostovich, que terminou com uma fratura orbital e outros ferimentos. Rachael está agora em casa do hospital com a família e vai voltar para mais exames em seu orbital. Como resultado dessas lesões, ela não poderá competir em sua luta contra Paige VanZant no dia 19 de janeiro. A família gostaria de pedir privacidade enquanto analisam o assunto. Gostaríamos de agradecer ao UFC por todo seu apoio a esse assunto, bem como aos fãs e à mídia por sua preocupação”, postou a empresa no Facebook.

O caso

Ostovich foi atacada por uma pessoa na noite de domingo (18) em Honolulu, no Havaí (EUA). Rachael sofreu uma fratura no osso orbital devido à agressão e foi hospitalizada. Segundo a imprensa norte-americana o agressor seria um indivíduo próximo da peso mosca. A polícia abriu uma investigação sobre um possível caso de violência doméstica.

 

MAIS SOBRE:

Lutasviolência domésticaUFC [Ultimate Fighting Championship]MMA [artes marciais mistas]Rachael Ostovich
Comentários