Mayweather e McGregor evitam provocações na última coletiva antes da luta

Americano e irlandês tiveram, inclusive, encarada tranquila após evento especial para a imprensa

Relacionadas

A última coletiva de imprensa antes da superluta entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, que ocorrerá no próximo sábado, 26, ocorreu de forma surpreendente. Apesar de os dois terem se alfinetado em alguns momentos, tanto o americano quanto o irlandês mostraram respeito um pelo outro e evitaram maiores provocações.

E o tom morno da coletiva se traduziu também na encarada. Os dois fizeram cara feia, mas pouco trocaram palavras e, inclusive, chegaram a se juntar para reclamar de um fã que parecia provocar Mayweather, que só se irritou com a demora do rival, que se atrasou em mais de uma hora para chegar ao MGM Grand, local do evento.

"McGregor fala muito no poder que tem em suas mãos, que pode nocautear qualquer um. Mas ele tem que saber que não é só a força de seu soco, mas também o quanto você aguenta que te define como lutador. Eu lutei profissionalmente 49 vezes e ganhei as 49 vezes. Mostrei, neste período, que posso bater, mas que também sei apanhar. McGregor ainda não mostrou isso. Claro que, por ter ganho todas as lutas que fiz, mostrei que sei bater mais do que apanhar", comentou Floyd.

Ao responder o comentário do rival, McGregor declarou que, por vir do MMA, está acostumado com golpes ainda mais duros sendo conectados nele e, por isso, não se preocupa com os golpes de Mayweather.

"Amigo, você já recebeu o osso da canela do seu adversário na maçã do seu rosto? Eu já. Esse é um jogo completamente diferente. Eu venho de outro mundo (o MMA). Estou acostumado com isso e já mostrei que aguento muita pancada também", encerrou.

 

 

MAIS SOBRE:

lutasboxemmaFloyd MayweatherConor Mcgregor
Comentários