McGregor doa 1 milhão de dólares às famílias das vítimas do 11 de setembro

Ação do lutador irlandês emocionou o criador de uma fundação que perdeu seu irmão no atentado ao World Trend Center

Relacionadas

Conor McGregor doou um cheque de 1 milhão de dólares (cerca de R$ 4,7 milhões na cotação do dia) para ajudar as famílias das vítimas do 11 de setembro. O dinheiro foi doado em parceria com a  empresa "Proper Twelve Whiskey" para a instituição "Stephen Siller Tunnel for Towers Foundation".

O irlandês, que vem de uma vitória por nocaute sobre Donald Cerrone no UFC, emocionou Frank Siller, criador da fundação que ajuda as famílias. Em entrevista ao TMZ Sports, Frank conta que presta auxílio às famílias do Corpo de Bombeiros de Nova York e militares mortos em confronto. O seu irmão foi um dos bombeiros mortos no atentado ao World Trend Center, em setembro de 2001.

"O que nós fazemos como fundação é aliviarmos as hipotecas dos socorristas que morreram em serviços e que deixaram filhos pequenos", explicou o fundador, que aproveitou para deixar uma mensagem de agradecimento para McGregor.

"Conor, você vai mudar a vida de tantos grandes heróis e das famílias que eles deixaram para trás. Você está dizendo a eles que as pessoas se importam, que os Estados Unidos se importam. (Está dizendo) que, se alguém sair, der um beijo de adeus em seus filhos e não voltar para casa, Conor McGregor vai garantir que suas famílias serão cuidadas. (...) Obrigado e que Deus lhe abençoe, Conor".

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Conor Mcgregor
Comentários