McGregor sobre doping de Dillashaw: ‘Eu o chamei de cobra muito antes’

Irlandês se comparou a São Patrício, padroeiro da Irlanda, ao lembrar que já havia alertado a todos sobre o norte-americano

Relacionadas

O anúncio do doping de TJ Dillashaw, relevado na última quarta-feira (20), pegou muita gente de surpresa. Porém, esse não foi o caso de Conor McGregor. O irlandês fez questão de lembrar que ele já havia criticado a postura do norte-americano em outras oportunidades.

Através de uma publicação no Twitter, McGregor chamou Dillashaw de cobra e fez até referência ao padroeiro de seu país.

"Eu o chamei de cobra muito antes. Sou o novo São Patrício", escreveu Conor no microblog. São Patrício é o padroeiro da Irlanda e teria expulsado todas as cobras do país. Há alguns anos, McGregor revelou que TJ iria trair Urijah Faber, líder do Team Alpha Male, e mudar de equipe. O fato se concretizou alguns meses depois.

O DOPING DE DILLASHAW

O anúncio da violação da política antidoping foi feita pelo próprio TJ Dillashaw através de uma publicação no Instagram. O lutador revelou que foi flagrado em um teste antes da luta contra Henry Cejudo no UFC Brooklyn, em janeiro. A Agência Antidoping dos EUA (USADA, sigla em inglês) suspendeu o lutador preventivamente por 12 meses e, por este motivo, TJ abriu mão do cinturão dos galos.

Dillashaw tem um cartel com 16 vitórias e quatro derrotas. A luta contra Henry Cejudo foi sua estreia pelo peso mosca. No post que fez no instagram, o lutador se disse desapontado, que iria apurar o que aconteceu junto a sua equipe e que abriu mão do cinturão por respeito aos outros atletas de sua divisão. Também agradeceu os fãs antecipadamente pelo apoio.

 

A post shared by tjdillashaw (@tjdillashaw) on

MAIS SOBRE:

UFC [Ultimate Fighting Championship]Conor McgregorTJ Dillashaw
Comentários