Meryl Streep irrita atletas e dirigentes de MMA com discurso no Globo de Ouro

Atriz disse que, sem imigrantes, só sobraria "MMA e futebol americano"

A atriz Meryl Streep causou polêmica com seu discurso durante a premiação do Globo de Ouro, realizado neste domingo, 8. Grande homenageada da noite, a celebridade aproveitou sua fala para fazer críticas a Donald Trump, presidente eleito dos EUA, e questionar o que seria do país sem os estrangeiros. Apesar da clara intenção de apoiar os imigrantes, ela recebeu duras críticas de pessoas ligadas ao MMA, que se sentiram ofendidos com o tom pejorativo usado pela atriz.  

"Hollywood está repleta de estrangeiros e excluídos. E se nós expulsarmos todos eles, vocês não terão nada mais a assistir exceto por futebol americano e artes marciais mistas, que não são artes", disse. 

O presidente do Bellator, Scott Coker criticou o discurso e pelo Twitter convidou a atriz a assistir uma luta de MMA. "Por favor, seja minha convidada no nosso próximo evento para entender como o MMA é realmente artístico”, escreveu Coker.

Demian Maia, um dos grandes nomes brasileiro do esporte no momento, também rebateu a declaração da americana. “Ela apenas se esqueceu que o MMA também foi levado aos EUA por imigrantes. Rorion Gracie, a pessao que começou tudo, era um imigrante também”, afirmou.

 

 

 

MAIS SOBRE:

MMAMMAMeryl StreepGlobo de Ouro
Comentários