Mesmo em má fase, Lyoto Machida segue com foco no cinturão do UFC

Brasileiro retornou após dois anos fora com derrota por nocaute em casa, mas ainda acredita em título

 L. Machida vem de derrota no UFC São Paulo (Foto: Reprodução Facebook UFC)

Relacionadas

Ex-campeão meio-pesado do UFC, Lyoto Machida desceu de categoria após derrota para Phil Davis, ficou perto de conquistar o título dos médios, mas atualmente, em má fase, as perguntas sobre sua aposentadoria começam a pipocar, principalmente pela sua idade: em maio, o "Dragão" completa 40 anos, e vem de três derrotas avassaladoras. Porém, o brasileiro garante que o foco segue no cinturão.

Em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting, Lyoto diz que segue motivado, apesar da sequência negativa, e diz que nem pensou ainda em uma data para pendurar as luvas, mesmo com o nocaute brutal sofrido para Derek Brunson no UFC São Paulo de outubro deste ano.

+FERA DO PASSADO: Mais do que um boxeador, João Henrique foi um herói

+ FERA DO PASSADO: Há 31 anos, Mike Tyson era campeão mundial pela 1ª vez

+ Siga o Fera no Twitter!

"Eu não penso em aposentadoria ainda. Quero continuar lutando. Quero ser campeão nessa categoria. Eu dedico a maior parte do meu tempo para isso. Acredito que só pensarei em parar quando não me sentir mais desafiado. Temos que reconhecer os méritos dos nossos oponentes. Derek Brunson conseguiu impor sua estratégia muito rapidamente. Eu tive uma grande preparação, um camp intenso. Agora é hora de me preparar para uma nova luta, um novo desafio", garantiu o brasileiro.

Além do revés para Brunson, Lyoto vinha de derrotas por nocaute para Yoel Romero e por finalização diante de Luke Rockhold. A última vitória de sua carreira aconteceu no fim de 2014, quando ele nocauteou CB Dollaway com um chute no estômago na luta principal do UFC Barueri.

MAIS SOBRE:

lutasLyoto MachidaMMA [artes marciais mistas]aposentadoria
Comentários