Morre ex-lutador do UFC que foi nocauteado em luta de boxe no Canadá

Tim Hague foi golpeado por pelo menos quatro vezes, passou mal e ficou dois dias em hospital

Relacionadas

Morreu na tarde deste domingo o ex-lutador do UFC Tim Hague. O canadense passou mal após uma luta de boxe contra o compatriota Adam Braidwood.

Após ser nocauteado - e depois de ter sido golpeado com força por pelo menos quatro vezes, provocando a abertura de contagem - o árbitro permitiu a continuidade da luta. Hague ainda deixou o ringue andando, amparado pela sua equipe. 

Ele teve que ser levado ao hospital, no entanto, e depois de piorar foi removido para a UTI. A família confirmou sua morte pelo Facebook. De acordo com o Edmonton Journal, a comissão atlética de Edmonton está conduzindo uma investigação sobre o caso e pediu relatos de todos os árbitros, juízes, médicos e inspetores que trabalharam na luta.

“É com imensa tristeza e dor no coração que informamos que Tim se foi hoje. Ele estava cercado por sua família e ouvindo as músicas que mais gosta. Nós vamos sentir muita falta dele”, escreveu a irmã do lutador.

Aos 34 anos, Tim Hague iniciou sua carreira no MMA em 2006, quando conquistou dez vitórias em 11 lutas, incluindo uma finalização em Pat Barry em sua estreia no UFC.

Clique aqui para ver um vídeo da luta.

MAIS SOBRE:

lutasBoxe
Comentários