Palmeirense, Chael Sonnen apoia briga de Felipe Melo: 'Queria ajudá-lo'

Lutador de MMA aderiu ao clube por causa do amor de Anderson Silva ao Corinthians

Relacionadas

Quem acompanha UFC há alguns anos, certamente vai se lembrar de Chael Sonnen. O atleta, um dos grandes rivais de Anderson Silva no evento, criou inúmeras polêmicas ao longo dos anos por criticar o Brasil em muitas declarações. Em certa ocasião, por causa da torcida de seu rival pelo Corinthians, o norte-americano declarou amor ao Palmeiras. E mesmo que alguns anos já tenham se passado, parece que Sonnen ainda acompanha o clube e até mesmo assistiu a batalha campal na partida contra o Peñarol, nesta quarta-feira.

"Sim, continuo assistindo aos jogos do Palmeiras. Vi a luta no gramado pela Libertadores. Não acho que o Felipe Melo seja um bom lutador, mas acho o provocaram para fazer o que fez. Queria poder estado lá para ajudá-lo", disse, em entrevista ao Fox Sports.

Fora do UFC há algum tempo, o atleta de 40 anos hoje em dia luta pelo Bellator. Enquanto se prepara para enfrentar Wanderlei Silva, voltou a mostrar toda sua marra: "Eu não estou preparado para levar um chute na bunda neste momento, mas vou fazer o mesmo com ele. Eu vou ser competitivo dentro das regras, vou deitá-lo no chão, ter total controle sobre ele, me levantar e ir para casa". Questionado sobre se arrepende de tantas críticas ao Brasil, ele mostrou não se arrepender. "Se eu falei tudo aquilo sobre o Brasil é porque eu realmente penso assim. Se você acha que eu vou pedir desculpas, você está falando com a pessoa errada".

MAIS SOBRE:

LutasCorinthiansUFCPeñarolPalmeirasBrasilAnderson SilvaLibertadoresFelipe MeloBellatorWanderlei SilvaLutaFutebol
Comentários