Pugilista que beijou repórter à força é suspenso nos Estados Unidos

Kubrat Pulev não poderá lutar no estado da Califórnia e pode ter problemas ainda maiores fora da esfera esportiva

Relacionadas

O boxeador Kubrat Pulev foi suspenso pela comissão atlética da Califórnia após assediar a repórter Jennifer Ravalo, do jornal Vegas Sports Daily, beijando-a a força. O fato aconteceu no último sábado, quando Pulev havia acabado de derrotar Bogdan Dinu.

O caso foi registrado ao vivo. Ravalos entrevistava Pulev quando o pugilista búlgaro agarrou o rosto da repórter e forçou um beijo na boca, deixando-a visivelmente constrangida. Com as redes sociais, o caso ganhou força. Veja no vídeo.

"Levamos este incidente a sério. Antes que seja licenciado para lutar na Califórnia, Kubrat Pulev deve comparecer diante da comissão e demonstrar que estará em conformidade com este princípio de respeito", disse, em comunicado, a Comissão Atlética do estado da Califórnia, que retirou a permissão para que o búlgaro pudesse lutar no estado americano.

Além da suspensão das lutas, Pulev pode ter problemas ainda maiores na Justiça. Ravalo contratou a advogada Gloria Allred, uma das mais famosas dos Estados Unidos e que é especialista em casos de discriminação e violência sexual, para representá-la no processo que pretende mover contra o boxeador.

MAIS SOBRE:

boxeKubrat Pulev
Comentários