Questionado sobre Johnny Walker, campeão crava: ‘Só vai existir um Jon Jones’

Brasileiro tem impressionado no UFC como uma ascensão meteórica

 Jones evita comparação com ascensão de Walker. Foto: Reprodução / YouTube @ufcA ascensão meteórica do brasileiro Johnny Walker impressiona o mundo do UFC e traz comparações com a maior estrela dos meio-pesados: Jon Jones. Após o lutador fluminense nocautear o letão Misha Cirkunov, em apenas 38 segundos, no último sábado (02), um repórter questionou ao campeão se o atleta tupiniquim seria 'o novo Jon Jones'.

Relacionadas

Sem pestanejar, 'Bones, como é conhecido, cravou: "Eu acho que só vai existir um Jon Jones", disse o dono do cinturão dos meio-pesados.

O norte-americano ainda elogiou os novos talentos da categoria, como os brasileiros Johnny Walker e Thiago Marreta, mas mostrou confiança para enfrentar todos eles.

"Estou animado pelo futuro só peso meio-pesados.... Eu vou ter que encarar todos os caras. A confiança que eu tinha aos 23 anos enfrentando (Mauricio) Shogun Rua só cresceu. Eu acredito muito em mim e ninguém disse que deveria ser fácil, mas eu sinto que vou dar um jeito de fazer acontecer", completou.

A ascensão de Johnny Walker

Walker tem um histórico no MMA de 17 vitórias e três derrotas. O brasileiro, que estreou no UFC, em novembro de 2018, teve uma ascensão meteórica em menos de quatro meses na organização com três vitórias em menos de três minutos somados de combate: ele venceu Khalil Rountree em 1m57; Justin Ledet, em fevereiro, com apenas 15seg e Misha Cirkunov, 14º no ranking da categoria, em 38 segundos.

MAIS SOBRE:

UFC [Ultimate Fighting Championship]Jon JonesMMA [artes marciais mistas]
Comentários