Rafael dos Anjos bate boca com Covington na pesagem: 'ele só fala muito'

Lutadores disputam o cinturão interino dos meio médios neste sábado

 dos Anjos (esq.) encara Colby (dir.). Foto: Reprodução / YouTubeO clima ficou quente entre Rafael dos Anjos e Colby Covington. Os lutadores que disputam o cinturão interino dos meio médios (até 77.1 kg.), tiveram a última encarada antes do UFC 225, neste sábado (09). Na pesagem cerimonial, nesta sexta-feira (08), o brasileiro e o norte-americano trocaram provocações e Dana White, presidente da franquia, precisou intervir (assista ao vídeo abaixo).

Relacionadas

+ Dos Anjos e Covington confirmam luta, mas Romero fica acima do peso

+ Atletas do UFC 225 veem retrocesso com a volta da pesagem à noite

+ Dana White afirma que St. Pierre está aposentado, mas empresário nega

"Achei que ele daria um soco como sempre fala, mas ele só fala muito. Estou nessa há muito tempo, construí minha carreira para estar no topo. E estou fazendo isso de novo. Amo minha família, o Brasil, os Estados Unidos e vou fazer isso por vocês", disparou o brasileiro.

Por sua vez, Covington manteve a confiança e não deixou de provocar dos Anjos. "Amanhã vou conseguir pelo menos uns quatro quilos de ouro para vocês e para o Dana. Sou guerreiro, valente e vou mostrar isso na cara dele (Rafael dos Anjos). Vocês poderão ver ao vivo que sou capaz de fazer isso", disse.

Romero se desculpa por falha na pesagem

Protagonista da luta principal da noite, Yoel Romero desafiaria o campeão Robert Whittaker pelo cinturão dos médios. Mas o cubano não conseguiu bater 84 kg e, caso vença, ele não levará o título para casa. Constrangido pelo fato, ele tentou pedir desculpas ao público, mas reclamou da postura da Comissão Atlética de Comissão Atlética de Illinois, entidade que sanciona o show.

"Cometi um erro na questão do peso, a situação é complexa. Não sei por que a comissão parou... Eu precisava de duas horas, me deram só uma. Não sei por que não me deram duas. Foi decisão da comissão (parar de tentar cortar o peso)", afirmou.

MAIS SOBRE:

LutasRafael Dos AnjosUFC [Ultimate Fighting Championship]
Comentários