Ronaldo Jacaré pede revanche contra Kelvin Gastelum ao UFC

Vindo de uma amarga derrota para Jack Hermansson, brasileiro tenta se reerguer na categoria dos médios

Relacionadas

O brasileiro Ronaldo Jacaré parece ter superado a derrota para Jack Hermansson no fim de abril, no UFC Fort Lauderdale. O atleta publicou, na tarde da última quinta-feira (16), no Instagram, sobre o desejo de reeditar o embate contra Kelvin Gastelum, por quem foi derrotado em maio de 2018. A situação confirma que o ex-campeão do ‘Strikeforce’ ainda não descartou a vontade de lutar pelo título dos médios (até 83,9kg.) do UFC.

“Eu adoraria ter uma revanche contra o Kelvin Gastelum. Eu também já pedi esta luta para o ‘matchmaker’ (responsável por casar as lutas entre os atletas do Ultimate), Mick Maynard. Espero que o UFC e Gastelum aceitem meu pedido”, publicou Jacaré.

Quando os atletas se enfrentaram, no UFC 224, Jacaré vivia uma situação semelhante à que passou no último mês. Caso derrotasse Kelvin, o brasileiro estaria muito perto do do tão desejado duelo pelo título da divisão. Porém, pela segunda vez, o enredo se desenrolou contra os planos do capixaba. Ronaldo saiu derrotado em uma decisão polêmica dos juízes que decretaram, em decisão dividida, a vitória em favor do norte-americano.

Situação semelhante ocorreu quando Jacaré se aventurou em um embate contra o atual campeão linear da divisão, Robert Whittaker, em 2017. Bem contado na categoria e próximo de lutar pelo cinturão interino da divisão, Ronaldo aceitou uma luta contra Whittaker, mas foi surpreendido por um nocaute avassalador no segundo round, que colocou o brasileiro novamente na fila de espera.

Em 2019, Jacaré, já com a promessa concreta de disputa pelo título dos médios em caso de vitória em sua próxima luta, se viu em meio a uma verdadeira confusão de troca de adversários para o card do UFC Fort Lauderdale, ocorrido em 27 de abril. Entre idas e vindas, Yoel Romero e Paulo Borrachinha estiveram próximos de enfrentar o capixaba, porém, nenhum dos dois pôde cumprir o compromisso e restou a Jack Hermansson o papel de fazer frente contra Ronaldo.

Mais experiente e técnico, muitos achavam que aquele não passaria de mais um teste para o brasileiro. No entanto, o MMA mostrou que é uma caixa de surpresas. Jack não só derrotou Jacaré, como ultrapassou o atleta em sua antiga posição no ranking da divisão.

O desafio a Kelvin pode ser, no entanto, um fator motivacional a Jacaré, que necessita de uma vitória sobre um grande lutador para provar que ainda pode ser considerado um nome de respeito na divisão.

Recentemente, Gastelum foi protagonista de um duelo histórico contra o nigeriano Israel Adesanya pelo título interino da divisão. O norte-americano saiu derrotado, mas vendeu caro o cinturão e, hoje, é mais respeitado do que nunca em meio aos lutadores e diretoria do Ultimate.

Atualmente, Kelvin ocupa a quarta posição no ranking da divisão, enquanto Jacaré figura na sexta. O duelo entre os dois poderia gerar um maior nível de competitividade rumo ao cinturão. Nesta ocasião, no entanto, o brasileiro teria a real obrigação de vencer para não dar ‘adeus’ definitivamente à sua tão sonhada chance de ser campeão do UFC.  

 
 

   

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

   

Eu adoraria ter uma revanche contra o Kelvin Gastelum, Eu também já pedi essa luta para o matchmaker do @ufc @mick maynard. Espero que o UFC e Gastelun aceitem meu pedido. @ufc_brasil @canalcombate  

Uma publicação compartilhada por Ronaldo Jacaré (@ronaldojacare) em

 

MAIS SOBRE:

MMA [artes marciais mistas]UFC [Ultimate Fighting Championship]Ronaldo JacaréKelvin Gastelum
Comentários